quarta-feira, 30 de outubro de 2013

CONTABILIDADE E AUDITORIA RIMAM COM DEMOCRACIA!



A escolha de 2013 como o Ano da Contabilidade no Brasil é oportuna para que a população conheça melhor o significado do trabalho dos 484.583 profissionais da área e dos 10 mil auditores que atuam em 110 empresas do setor existentes no país. Trata-se de atividade essencial para a eficácia da gestão, transparência, confiabilidade dos balanços, exercício eficiente da responsabilidade fiscal e, portanto, do sucesso dos negócios na iniciativa privada e da qualidade dos serviços no setor público, preceitos fundamentais na democracia.

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

ELEIÇÕS 2013 CRC-CE - ENTREVISTA DO SITE CQC COM OS CANDIDATOS A PRESIDÊNCIA DA DIRETORIA.


O site CQC - Contador a Qualquer Custo entrevistou os candidatos a presidência do Conselho Regional de Contabilidade do Estado do Ceará. Procuramos saber os projetos e ações que os candidatos pretendem realizar, principalmente para o interior e Região do Cariri.
As entrevistas seguem por ordem de numeração, primeiro com a candidata Clara Germana da Chapa 1 - Elos da Ação e em seguida com o Otacílio Valentim da Chapa 2 - Muda Contabilista. 
Escutem e analisem para votarem consciente e no projeto que julgarem ser o melhor para a Classe. Cliquem no vídeo para conferirem a entrevista ou leiam a transcrição abaixo e fiquem a vontade para comentar.

ENTREVISTA EM ÁUDIO/VÍDEO 


quinta-feira, 24 de outubro de 2013

EM HOMENAGEM AO OUTUBRO ROSA ALGUNS DADOS SOBRE AS MULHERES CONTABILISTAS NO CEARÁ E NO BRASIL

HOMENS ENFRENTAM CONCORRÊNCIA FEMININA NO MERCADO DE TRABALHO

Os tempos mudaram e não é de hoje que as mulheres refletem no mundo corporativo a revolução feminista ocorrida anos atrás. A visão de uma mulher ocupada apenas com o serviço doméstico e filhos, deu lugar a uma promissora busca por um espaço fora de casa em uma atividade remunerada e onde fosse possível empregar todo o potencial e inteligência que possui.

CPC DEFENDE MUDANÇAS NA IN 1397/2013


O CPC esteve representado em várias reuniões com o Ministro da Fazenda, com o Secretário da Receita Federal e com equipe técnica deste último órgão nos dias 02, 03 e 04 de outubro de 2013. Em uma delas em conferência telefônica, e em duas presencialmente, uma em conjunto com os presidentes do CFC, da ABRASCA e do IBRACON e outra com o Getap - Grupo de Estudos Tributários Aplicados. 

terça-feira, 22 de outubro de 2013

2013 O ANO DA CONTABILIDADE APENAS COMEÇOU!


EM COMEMORAÇÃO AOS 10.000 (DEZ MIL) ACESSOS NO NOSSO SITE, TRAZEMOS ESSE BELÍSSIMO VÍDEO QUE INSPIRA, RENOVA E TRADUZ A CONTABILIDADE. POIS 2013 NÃO É SÓ O ANO DA CONTABILIDADE E SIM O INICIO DA MUDANÇA E VALORIZAÇÃO DESSA CIÊNCIA MILENAR QUE É MAIS DO QUE ESSENCIAL PARA A VIDA E A SOCIEDADE.

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES, JUNTOS SOMOS MAIORES, JUNTOS SOMOS NÃO SÓ CONTADORES, SOMOS A CONTABILIDADE!


Acesse o Site da Campanha:

COMISSÃO APROVA USO DE RESIDÊNCIA PRÓPRIA COMO SEDE DE MICROEMPRESA

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

PS4: A MATEMÁTICA TRIBUTÁRIA E DE LUCRO POR TRÁS DOS R$ 4 MIL!



Você que também um fã de games e se diverte nas horas vagas, veja nesse artigo publicado pelo site Olhar Digital os motivos do elevado preço do playstation 4, console da Sony que é 100 dólares mais barato que o XONE da Microsoft nos Estados Unidos, mas o PS4 no Brasil veio incríveis quase 2 mil reais mais caro que o XONE.

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

CONCURSO PARA TÉCNICO EM CONTABILIDADE

CONCURSO PÚBLICO NO MUNICÍPIO DE LAVRAS DA MANGABEIRA TEM VAGA PARA 1 (UM) TÉCNICO EM CONTABILIDADE, CONFIRAM O EDITAL NO LINK ABAIXO:



Infelizmente não tem para Contador Público, mas de acordo com o edital as funções desempenhadas por este técnico serão as mesmas de um Contador, fica aqui nossa revolta com tamanho descaso com a classe. Além de tudo um salário irrisório comparado as responsabilidades e tarefas. 

Somos peça fundamental na gestão de informações, somos Contadores exigimos mais respeito!


terça-feira, 15 de outubro de 2013

ALÉM DE AGENTES ARRECADADORES, AGORA SEREMOS ESPIÕES DO GOVERNO FEDERAL.



Extraído do Site Diário do Comércio
Profissionais da contabilidade participaram de um seminário em São Paulo na semana passada para discutir um assunto relevante: a obrigação imposta à categoria de informar ao governo federal operações financeiras  e comerciais supostamente ilícitas de seus clientes. A partir do ano que vem, contadores, auditores e organizações contábeis devem comunicar de forma eletrônica e quase que em tempo real ao Conselho de Atividades Financeiras e Econômicas (Coaf), ligado ao Ministério da Fazenda, as movimentações contábeis com indícios de lavagem de dinheiro ou suspeitas de estarem ligadas ao terrorismo.

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

CONCURSO INSS - QUESTÕES 66 A 70 CONTABILIDADE SOCIETÁRIA

Questão 66
O método de custeio que consiste em ratear aos produtos todos os gastos da empresa – não só os custos, mas também despesas comerciais, administrativas e até mesmo despesas financeiras – denomina-se

A) custeio fiscal.
B) ABC.
C) RKW.
D) TED.
E) custo simples.

Resolução:

Letra; C


Questão 67
Na Demonstração do Valor Adicionado, é correto afirmar que

A) as receitas financeiras constituem insumos adquiridos de terceiros.
B) a matéria-prima e o material de embalagem constituem insumos adquiridos de terceiros.
C) a recuperação de valores ativos representa valor adicionado recebido em transferência.
D) a venda de mercadorias constitui valor adicionado recebido em transferência.
E) o resultado da equivalência patrimonial constitui insumo adquirido de terceiro.

Resolução:

De acordo com o CPC - 09 - Demonstração do Valor Adicionado no item 14 diz que:

Insumos adquiridos de terceiros

  •  Custo dos produtos, das mercadorias e dos serviços vendidos - inclui os valores das matérias-primas adquiridas junto a terceiros e contidas no custo do produto vendido, das mercadorias e dos serviços vendidos adquiridos de terceiros; não inclui gastos com pessoal próprio.
  •  Materiais, energia, serviços de terceiros e outros - inclui valores relativos às despesas originadas da utilização desses bens, utilidades e serviços adquiridos junto a terceiros.
Resposta: Letra B




Questão 68
Os descontos no preço de venda concedidos incondicionalmente e os juros que a empresa cobra de seus clientes por atraso de pagamento e postergação de vencimento de títulos constituem respectivamente

A) despesa administrativa e receita de vendas.
B) dedução de vendas e receita financeira.
C) custo de mercadorias vendidas e renda operacional.
D) despesa financeira e receita de vendas.
E) despesa financeira e receita financeira.

Resolução:

O artigo 187 da Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976 (Lei das Sociedades por Ações), instituiu a Demonstração do Resultado do Exercício diz:

Art. 187. A demonstração do resultado do exercício discriminará:
I - a receita bruta das vendas e serviços, as deduções das vendas, os abatimentos e os impostos;
II - a receita líquida das vendas e serviços, o custo das mercadorias e serviços vendidos e o lucro bruto;
III - as despesas com as vendas, as despesas financeiras, deduzidas das receitas, as despesas gerais e administrativas, e outras despesas operacionais;
IV – o lucro ou prejuízo operacional, as outras receitas e as outras despesas; (Redação dada pela Lei nº 11.941, de 2009)
V - o resultado do exercício antes do Imposto sobre a Renda e a provisão para o imposto;
VI – as participações de debêntures, empregados, administradores e partes beneficiárias, mesmo na forma de instrumentos financeiros, e de instituições ou fundos de assistência ou previdência de empregados, que não se caracterizem como despesa; (Redação dada pela Lei nº 11.941, de 2009)
VII - o lucro ou prejuízo líquido do exercício e o seu montante por ação do capital social.
§ 1º Na determinação do resultado do exercício serão computados:
a) as receitas e os rendimentos ganhos no período, independentemente da sua realização em moeda; e
b) os custos, despesas, encargos e perdas, pagos ou incorridos, correspondentes a essas receitas e rendimentos.
§ 2o (Revogado). (Redação dada pela Lei nº 11.638,de 2007)  (Revogado pela Lei nº 11.638,de 2007)

Os descontos incondicionais concedidos entram em abatimentos, são deduções da receita ou vendas. Os juros entram em receitas financeiras que é confrontada com a despesa financeira.

Resposta: Letra B



Questão 69
A Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido evidencia a movimentação ocorrida durante o exercício nas diversas contas componentes do patrimônio líquido da entidade, sendo correto afirmar que o patrimônio total é afetado, dentre outras, pelas seguintes operações:

A) Compensação de prejuízos com reservas e redução por gastos na emissão de ações.
B) Redução por dividendos e acréscimo por subscrição e integralização de capital.
C) Acréscimo por reavaliação de ativos e aumento de capital com utilização de lucros e reservas.
D) Ajuste de avaliação patrimonial e reversão de reserva patrimonial para a conta de lucros ou prejuízos acumulados.
E) Aumento de capital com utilização de lucros e reservas e redução por ações próprias adquiridas.

Resolução:

Na alternativa A, a compensação de prejuízos com reservas de lucro não afeta o PL, pois as duas contas são do grupo. 
Na alternativa C, o aumento de capital com reservas de lucro também não afeta o PL, pois essas reservas já fazer parte do grupo
Na alternativa D, essa conta de reserva patrimonial não conheço, porém a mesma por ser uma reserva e ser revertida para o lucro não altera o valor do PL total.
Na alternativa E, mesmo caso da B, aumento de capital com reservas, isso não afeta o PL.

Resposta: Letra B, dividendos saem da conta lucro e vão para o passivo, e o aumento de capital por meio de subscrição e em seguida integralização afetam o PL, o primeiro diminui e o segundo caso aumenta o Patrimônio Líquido.



Questão 70
Nos termos da Contabilidade Societária, a demonstração contábil que possui o objetivo primário de prover informações relevantes sobre os pagamentos e recebimentos, em dinheiro, de uma empresa, ocorridos durante determinado período, denomina-se

A) Balanço de Resultados.
B) Demonstração das Variações Patrimoniais.
C) Demonstração dos Fluxos de Caixa.
D) Demonstração do Resultado Nominal.

E) Balanço Orçamentário.

Resolução:

CPC-03 Demonstração do Fluxo de Caixa

Item 7.

Fluxos de caixa são as entradas e saídas de caixa e equivalentes de caixa. Ou seja dinheiro.

Resposta: Letra C


GABARITO PROVA CIÊNCIAS CONTÁBEIS CONCURSO INSS 13/10/2013

Gabarito da Prova do Concurso do INSS para Analista do Seguro Social cargo Contador.



PARA VER E BAIXAR A PROVA CLIQUE NO LINK:

CONCURSO INSS - QUESTÕES 61 A 65 CONTABILIDADE SOCIETÁRIA

CONTABILIDADE SOCIETÁRIA


Questão 61
Nos termos da Contabilidade Societária, a conta denominada reserva de incentivos fiscais representa uma

A) reserva de capital.
B) provisão.
C) alienação de partes beneficiárias.
D) reserva de lucros.
E) reserva legal.

Resolução: 

A Lei 11.638 cria a reserva de incentivos fiscais, prevendo que a assembléia geral poderá, por proposta dos órgãos de administração, destinar para a reserva de incentivos fiscais a parcela do lucro liquido decorrente de doações ou subvenções governamentais para investimentos, que poderá ser excluída da base de calculo do dividendo obrigatório.

Resposta: Letra D


Questão 62
Quando a sociedade A é absorvida pela sociedade B, que a sucede em todos os direitos e obrigações, e quando as sociedades F, G e H se unem para formar uma nova sociedade, que também as sucederá em todos os direitos e obrigações, é correto afirmar que ocorreram, respectivamente, operações de

A) cisão e incorporação.
B) incorporação e fusão.
C) fusão e cisão.
D) fusão e incorporação.
E) incorporação e reversão.

Resolução:

Fonte: Receita Federal do Brasil.

Incorporação:
A incorporação é a operação pela qual uma ou mais sociedades são absorvidas por outra, que lhes sucede em todos os direitos e obrigações (Lei das S.A. - Lei n º 6.404, de 1976, art. 227; Código Civil - Lei n º 10.406, de 2002, art. 1116). Desaparecem as sociedades incorporadas, permanecendo, porém, com a sua natureza jurídica inalterada, a sociedade incorporadora.

Fusão:
A fusão é a operação pela qual se unem duas ou mais sociedades para formar sociedade nova, que lhes sucederá em todos os direitos e obrigações (Lei das S.A. - Lei nº 6.404, de 1976, art. 228; Código Civil - Lei n º 10.406, de 2002, art. 1119). Com a fusão desaparecem todas as sociedades anteriores para dar lugar a uma só, na qual todas elas se fundem, extinguindo-se todas as pessoas jurídicas existentes, surgindo outra em seu lugar. A sociedade que surge assumirá todas as obrigações ativas e passivas das sociedades fusionadas.
Resposta: Letra B


Questão 63
Quanto às reservas de capital, nos termos da Contabilidade Societária, é correto afirmar que:

A) somente podem ser utilizadas para absorver prejuízos, independentemente da existência de reservas de lucros.
B) sua constituição ocorre com destinação de 15% do lucro líquido do exercício.
C) elas constituem apropriação de lucros destinados à expansão operacional da companhia.
D) dentre outras destinações, também podem ser utilizadas para resgate, reembolso ou compra de ações.
E) sua destinação está restrita ao aumento do capital social e a compensação de prejuízos.

Resolução: 

De acordo com o artigo 200 da Lei 6.404/76, as reservas de capital somente podem ser utilizadas para:

a) absorver prejuízos, quando estes ultrapassarem os lucros acumulados e as reservas de lucros, exceto no caso da existência de lucros acumulados e de reservas de lucros, quando os prejuízos serão absorvidos primeiramente por essas contas;
b) resgate, reembolso ou compra de ações;
c) resgate de partes beneficiárias;
d) incorporação ao capital social;
e) pagamento de dividendo a ações preferenciais, quando essa vantagem lhes for assegurada.

Resposta: Letra D


Questão 64
É correto afirmar que a provisão para contingências

A) será constituída somente se a companhia apresentar lucro ao final do exercício.
B) é conta integrante do patrimônio líquido, no grupamento de reservas especiais para obrigações fiscais.
C) representa uma expectativa de perdas ou prejuízos ainda não incorridos.
D) tem uma constituição que não afeta o resultado do exercício, pois representa destinação da reserva de lucros a realizar.
E) destina-se a dar cobertura a despesas já incorridas, mas ainda não desembolsadas e que, dentro do regime de competência, devem ser lançadas no resultado.

Resolução: 

De acordo com o CPC 25, temos as seguintes definições:

Provisão é um passivo de prazo ou de valor incertos. 

Passivo contingente é:
(a) uma obrigação possível que resulta de eventos passados e cuja existência será confirmada apenas pela ocorrência ou não de um ou mais eventos futuros incertos não totalmente sob controle da entidade; ou
(b) uma obrigação presente que resulta de eventos passados, mas que não é reconhecida porque:
(i) não é provável que uma saída de recursos que incorporam benefícios econômicos seja exigida para liquidar a obrigação; ou  

(ii) o valor da obrigação não pode ser mensurado com suficiente confiabilidade.

Resposta: Letra C

Comentários:
Questão muito ampla e possível de discussão, entrarei com pedido de anulação gabarito preliminar diz que a alternativa é a letra E.

Pois, fazer a provisão é de algo que ainda poderá acontecer que não se sabe ao certo quando e como acontecerá, apenas uma previsão. E não de algo que aconteceu. E não de despesas já incorridas, pois a provisão é feita para se ter como cobrir despesas possíveis de incorrer.

Para sustentação temos a definição do COSIF:
http://www.cosif.com.br/mostra.asp?arquivo=p_contas47


Questão 65
Na Contabilidade Societária, é correto afirmar que possuem saldo de natureza credora as seguintes contas patrimoniais:

A) Faturamento para entrega futura, adiantamento de clientes e imposto de renda a pagar.
B) Ações em tesouraria, numerários em trânsito e financiamentos bancários.
C) Clientes, ações em tesouraria e arrendamento operacional a pagar.
D) Perdas estimadas em crédito de liquidação duvidosa, clientes e numerários em trânsito.
E) Depósitos bancários à vista, reserva de lucros a realizar e adiantamento de clientes.

Resolução: 

A conta “Faturamento para Entrega Futura” é redutora da conta “Clientes - Venda para Entrega Futura”; e serve somente para demonstrar o compromisso assumido e ainda não realizado, mais uma vez em observância ao regime de competência. Clientes é uma conta do ativo e tem natureza devedora, como “Faturamento para Entrega Futura” é uma conta redutora do ativo, então tem natureza credora.

Adiantamento de Clientes conta de Passivo Circulante, pois a empresa já recebeu do cliente e agora tem uma obrigação para com o mesmo, contas de Passivo naturalmente tem natureza credora, salvo as redutoras.

Imposto de renda a pagar, conta de Passivo Circulante, uma obrigação a pagar. Natureza Credora.

Resposta: Letra A

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

RESOLUÇÃO QUESTÕES 48,49 E 50 - EXAME DE SUFICIÊNCIA DO CFC 2013.2

Leia o texto a seguir para responder às próximas perguntas.

Acabou o imposto invisível
As notas fiscais vão exibir o valor dos tributos pagos na compra de mercadorias e serviços. A mudança vai dar susto em muita gente que se achava livre desses encargos.

RESOLUÇÃO QUESTÃO 47 - EXAME DE SUFICIÊNCIA DO CFC 2013.2

47. De acordo com o que determina o Código de Ética Profissional do Contador, julgue as situações hipotéticas abaixo e, em seguida, assinale a opção CORRETA.
1. Um contador assinou as demonstrações contábeis preparadas por seu primo, recém-formado e ainda não registrado no CRC local por não ter sido aprovado no Exame de Suficiência, cujo trabalho não orientou nem supervisionou;
2. Um perito contador, indicado para atuar em um caso de apuração de haveres, recusou sua indicação por não se achar capacitado para a tarefa requerida;
3. Um técnico em contabilidade, cursando o último ano da graduação em Ciências Contábeis, apresenta-se como contador, e já fez constar esta informação também no seu cartão de visitas e no site da empresa prestadora de serviços contábeis do qual é proprietário.
Agiram em desacordo com o que determina o Código de Ética Profissional do Contador, os profissionais citados nas situações:
a) I e II;
b) I e III;
c) I, II e III;
d) II e III.



Resolução:

RESOLUÇÃO QUESTÃO 46 - EXAME DE SUFICIÊNCIA DO CFC 2013.2

46. De acordo com o que determina o Código de Ética Profissional do Contador, julgue as situações hipotéticas abaixo e, em seguida, assinale a opção CORRETA.
1. Um contador adota como estratégia de marketing publicar anúncios em jornal. Nos anúncios, ele faz indicação de títulos, especializações, serviços oferecidos, trabalhos realizados, além da relação dos clientes que autorizavam a publicação de seu nome;
2. Um auditor, atento ao programa de educação continuada, mantém-se atualizado, participando de cursos de extensão, seminários e outros eventos;
3. Um profissional da Contabilidade que atua como consultor tributário orienta os seus clientes a manterem escrituração contábil regular, independentemente do regime tributário escolhido.
Os profissionais citados nas situações acima agiram em conformidade com o que determina o Código de Ética Profissional do Contador nos itens:
a) I e II, apenas;
b) I e III, apenas;
c) I, II e III;
d) II e III, apenas.

Resolução:

RESOLUÇÃO QUESTÃO 45 - EXAME DE SUFICIÊNCIA DO CFC 2013.2

45. De acordo com a Resolução CFC nº 803/96 – Código de Ética Profissional do Contador e suas alterações,NÃO é norma de conduta a ser observada, obrigatoriamente, pelo profissional da Contabilidade, com relação à classe:

a) acatar as resoluções votadas pela classe contábil, inclusive quanto a honorários profissionais;
b) prestar seu concurso moral, intelectual e material, salvo circunstâncias especiais que justifiquem a sua recusa;
c) valer-se de agenciador de serviços, mediante participação desse nos honorários a receber;
d) zelar pelo prestígio da classe, pela dignidade profissional e pelo aperfeiçoamento de suas instituições.


Resolução:

RESOLUÇÃO QUESTÃO 44 - EXAME DE SUFICIÊNCIA DO CFC 2013.2

44. De acordo com a NBC TG 46 – Mensuração do Valor Justo, assinale a opção INCORRETA.
a) O valor em uso utilizado no teste de recuperabilidade de um ativo imobilizado desconsidera na sua mensuração o Valor Justo;
b) O valor justo caracteriza-se pelo reconhecimento de perdas estimadas nos estoques avaliados pelo valor realizável líquido;
c) O valor justo é o preço que seria recebido pela venda de um ativo ou que seria pago pela transferência de um passivo em uma transação não forçada entre participantes do mercado na data de mensuração;
d) O valor justo é uma mensuração baseada em mercado.


Resolução:

RESOLUÇÃO QUESTÃO 43 - EXAME DE SUFICIÊNCIA DO CFC 2013.2

43. Uma sociedade empresária contratou um seguro anual, em 1º de agosto de 2013, para cobertura de incêndio, avaliado no valor de R$180.000,00, com vigência a partir da assinatura do contrato.
O prêmio cobrado pela seguradora é equivalente a 10% do valor da cobertura e foi pago em 31 de agosto de 2013. O saldo da conta Prêmios de Seguros pagos Antecipadamente, em 31 de dezembro de 2013, de acordo com o princípio da competência, será de:
a) R$7.500,00;
b) R$10.500,00;
c) R$75.000,00;
d) R$105.000,00.

Resolução: 

RESOLUÇÃO QUESTÃO 42 - EXAME DE SUFICIÊNCIA DO CFC 2013.2

42. de acordo com a ITG 1000 – Modelo Contábil para Microempresa e Empresa de Pequeno Porte, a afirmação “…tem por objetivo salvaguardar o profissional da Contabilidade no que se refere a sua responsabilidade pela realização da escrituração contábil do período-base encerrado, segregando-a e distinguindo-a das responsabilidades de administração da entidade, sobretudo no que se refere à manutenção dos controles internos e ao acesso às informações.” refere-se a:

a) Carta de Responsabilidade da Administração;
b) Nota Fiscal de Prestação de Serviços;
c) Proposta de Prestação de Serviços de Contabilidade;
d) Termo de Transferência de Responsabilidade Técnica.


Resolução:

RESOLUÇÃO QUESTÃO 41 - EXAME DE SUFICIÊNCIA DO CFC 2013.2

41. A NBC TG 38 – Instrumentos Financeiros: Reconhecimento e Mensuração fundamentada que “se a transferência não resultar em desreconhecimento porque a entidade reteve, substancialmente, todos os riscos e benefícios da propriedade do ativo transferido, a entidade deve continuar a reconhecer o ativo transferido na sua totalidade e deve reconhecer um passivo financeiro na sua totalidade e deve reconhecer um passivo financeiro pela retribuição recebida. Em períodos posteriores, a entidade deve reconhecer qualquer rendimento do ativo transferido e qualquer gasto incorrido como passivo financeiro.”
Essa fundamentação teórica se aplica aos casos de:
a) Depreciação Acumulada;
b) Duplicatas Descontadas;

c) Estoques de Mercadorias;

d) Impostos a Recuperar.


Resolução:

RESOLUÇÃO QUESTÃO 40 - EXAME DE SUFICIÊNCIA DO CFC 2013.2

40. De acordo com a NBC PP 01 – Perito Contábil, relacione os  tipos de impedimentos apresentados na primeira coluna com as situações descritas na segunda coluna e, em seguida, assinale a opção CORRETA.
1 – Impedimento legal                          (  ) Ser herdeiro presuntivo ou donatário de alguma das                                                                     partes ou dos seus cônjuges;

2 – Impedimento técnico-científico       (  ) Tiver mantido, nos últimos dois anos, ou mantenha                                                                      com alguma das partes ou seus procuradores relação                                                                       de trabalho como empregado;

3 – Suspeição                                           (  ) A matéria em litígio não ser de sua especialidade.

A sequência CORRETA é:

a) 3, 2, 1;

b) 2, 3, 1;

c) 3, 1, 2;

d) 1, 3, 2.




Resolução: 

Na NBC PP 01 a partir do item 20 fala sobre os impedimentos.



Impedimento Legal
Item não encontrado na Norma.

Impedimento Técnico
21. O impedimento por motivos técnicos a ser declarado pelo perito decorre da autonomia, estrutura profissional e da independência que devem possuir para ter condições de desenvolver de forma isenta o seu trabalho.

São motivos de impedimento técnico:

(a) a matéria em litígio não ser de sua especialidade;


Suspeição

(d) ser herdeiro presuntivo ou donatário de alguma das partes ou dos seus cônjuges;(e) ser parceiro, empregador ou empregado de alguma das partes;

(e) ser parceiro, empregador ou empregado de alguma das partes;

Resposta: 

sequência 3.x.2

Não encontrada de acordo com a NBC PP 01 Questão possível de anulação.

Bem sei que em todos os sites e o gabarito preliminar consta letra C e realmente como aprendi que essa questão da relação de trabalho é um impedimento, porém como a questão pede de acordo com a Norma, eu não encontro isso na norma como foi dito.

terça-feira, 8 de outubro de 2013

RESOLUÇÃO QUESTÃO 39 - EXAME DE SUFICIÊNCIA DO CFC 2013.2

39. De acordo com a NBC TP 01 – Perícia Contábil, o Termo Diligência é:



a) O instrumento por meio do qual o perito apresenta o seu trabalho pericial através do laudo pericial, que poderá
conter anexos, apêndices e documentos que o profissional julgar necessário;


b) O instrumento por meio do qual o perito apresenta sua proposta de honorários, devidamente fundamentada, ao juízo, podendo conter o orçamento ou este constituir-se em um documento anexo;

c) O instrumento por meio do qual o perito requerer a liberação parcial dos honorários quando julgar necessário para o custeio de despesas durante a realização dos trabalhos;

d) O instrumento por meio do qual o perito solicita documentos, coisas, dados, bem como quaisquer informações necessárias à elaboração do laudo pericial contábil.



Resolução:

RESOLUÇÃO QUESTÃO 38 - EXAME DE SUFICIÊNCIA DO CFC 2013.2

38. Uma sociedade empresária, com filiais em todo o território brasileiro, contratou uma auditoria externa para levantamento de seus produtos entre as filiais. O procedimento que garante confirmar a quantidade dos produtos existentes em suas filiais será:
a) Circularização;
b) Indagação;
c) Inventário físico;
d) Revisão analítica.


Resolução:

RESOLUÇÃO QUESTÃO 37 - EXAME DE SUFICIÊNCIA DO CFC 2013.2

37. Ao examinar as demonstrações contábeis do ano de 2012 da Companhia “A”, os auditores verificaram que não foram observadas as determinações e orientações das seguintes normas:
- NBC TG 01 – Redução ao Valor Recuperável de Ativos;
- NBC TG 06 – Operações de Arrendamento Mercantil;
- NBC TG 16 – Estoques; e
- NBC TG 30 – Receitas.

Ao obterem evidência de auditoria apropriada e suficiente, concluíram que as distorções, quando consideradas em conjunto, são relevantes e generalizadas.

RESOLUÇÃO QUESTÃO 36 - EXAME DE SUFICIÊNCIA DO CFC 2013.2

36. Para determinar a quantidade de contratos que terão seus cálculos revisados, em um procedimento de auditoria, o auditor utiliza a seguinte fórmula:Onde:n = tamanho da amostra aleatória simples a ser selecionada da população;
Z = abscissa da distribuição normal padrão, fixado um nível de (1 – a)% de  confiança para construção do intervalo de confiança para a média;
a = desvio padrão da população;
N = tamanho da população;
d = erro amostral admitido.


Em relação à quantidade de contratos a serem selecionados para revisão de cálculos, mantidos constantes os valores dos demais componentes da fórmula, é CORRETO afirmar que:

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

RESOLUÇÃO QUESTÃO 35 - EXAME DE SUFICIÊNCIA DO CFC 2013.2

35. Com base na Resolução NBC TG ESTRUTURA CONCEITUAL – Estrutura Conceitual para Elaboração e Divulgação de Relatório Contábil-Financeiro, julgue os itens sobre Manutenção de Capital como Verdadeiros (V) ou Falsos (F) e, em seguida, assinale a opção CORRETA.
  • I  De acordo com o conceito de capital financeiro, tal como dinheiro investido ou o seu poder de compra investido, o capital é sinônimo de ativos líquidos ou patrimônio líquido da entidade;
  •  
  • II De acordo com o conceito de manutenção do capital físico, o lucro é considerado auferido somente se a capacidade física produtiva da entidade no fim do período exceder a capacidade física produtiva no início do período, depois de excluídas quaisquer distribuições aos proprietários e seus aportes de capital durante o período.
  •  
  • III Todas as mudanças de preços, afetando ativos e passivos da entidade, são vistas, no conceito de manutenção de capital físico, como mudanças na mensuração da capacidade financeira da entidade, devendo ser tratadas como lucro.
A sequência CORRETA é:

RESOLUÇÃO QUESTÃO 34 - EXAME DE SUFICIÊNCIA DO CFC 2013.2

34. Em 31.12.2012, uma Unidade Geradora de Caixa apresentava as seguintes estimativas a respeito das entradas e saídas de caixa, ao final de cada ano de sua vida útil:
Ano
Entradas
Saídas
Fluxo de Caixa Líquido
2013
R$320.000,00
R$78.000,00
R$242.000,00
2014
R$346.200,00
R$80.000,00
R$266.200,00
2015
R$632.400,00
R$100.000,00
R$532.400,00

Considerando juros compostos de 10% a.a., o valor presente dos fluxos de caixa futuros, em 31.12.2012 era de:


a) R$781.818,18;
b) R$800.461,54;
c) R$840.000,00;
d) R$946.000,00.

Resolução: 

RESOLUÇÃO QUESTÃO 33 - EXAME DE SUFICIÊNCIA DO CFC 2013.2

33. Uma sociedade empresária apresentou as seguintes estimativas de vendas de computadores:
Quantidade a ser vendida no mês
Percentual de probabilidade
120 unidades
10%
140 unidades
40%
180 unidades
35%
220 unidades
15%
A quantidade esperada de unidades a serem vendidas no mês é de:
a) 140 unidades;
b) 164 unidades;
c) 165 unidades;
d) 660 unidades.

Resolução: