sexta-feira, 18 de novembro de 2016

GABARITO OFICIAL APÓS RECURSOS É DIVULGADO

FBC divulga o Gabarito Oficial após a análise dos recursos e não anula nenhuma questão. Mais uma vez a FBC traz para si um ar de fúria e desconfiança dos participantes, quanto a elaboração da prova e negligência quanto as anulações. Questões mal formuladas, confusas e covardes tanto na dificuldade quanto na interpretação. Cabe agora aos participantes como em outros exames reclamaram buscarem explicações e lutarem pelo que acham que deveria ser anulado. 

Em vários dos exames passados, ocorreram a divulgação de outro gabarito oficial e até 2 após a análise dos primeiros recursos. Como também mais de uma lista de aprovados, nada está perdido, porém a batalha é grande é árdua.

Equipe do Contador a Qualquer Custo

Segue abaixo imagem do gabarito oficial, como também do link para acessar diretamente na página da FBC.

LINK: http://www.fbc.org.br/images/stories/ExameSuficienciaII2014/ExameSuficiencia2_2016/gabarito_oficial_2016_2.pdf


153 comentários:

  1. Sem chance de anulação mesmo?
    Poxa vida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Criamos um grupo e contratamos um advogado para entrar com mandado de segurança e pedindo a anulação das 5 questões duvidosas. Caso tenha interesse, entra na página da petição e veja os comentários!

      Excluir
  2. Isso é uma palhaçada é nós é quem pagamos pelas falhas deles.

    ResponderExcluir
  3. Em abril tem outros milhões para os cofres deles, de pessoas tentando mais uma vez, por conta dos erros deles.

    ResponderExcluir
  4. Pessoal, vamos ligar,revindicar os nossos direitos! Questionar e pedir explicação o pq não foram anuladas. Vamos fazer barulho na segunda feira ligando para o CFC e FBC.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concordo plenamente.... eu já queria colocar um advogado p isso

      Excluir
    2. vamos fazer um grupo do whatsapp correr atrás fiquei por uma questão

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  5. Feio é não admitir os erros. tão se achando soberanos.

    ResponderExcluir
  6. Quanta falta de respeito... O interesse para eles é receber mais inscrições no próximo exame. Esse conselho só tem caído no meu conceito. Se soubesse teria feito outro curso.
    Fiquei por uma questão. Iai será que há como anular alguma questão mesmo? Como devemos proceder?

    ResponderExcluir
  7. Pessoal o seguinte está prova sempre foi um abuso! Primeiro não se justifica a realização da mesma!Tem um ação civil pública do ministério público do estado de Goiás pedindo a anulação definitiva da prova de suficiência por ser inconstitucional este processo e de 2014 e até hoje não foi para frente!Gostaria que vocês entrassem no site do MP GO e enviasse e mail reclamando assim acabamos em definitivo com esse situação de vergonha que é a FBC se quiserem entrem em contato comigo e iremos juntos colocar pressão!E não venha pessoas aqui falar que a prova tem que ser feita é blá blá blá se for assim todos os contadores que ja exercem a profissão e não fizeram a prova teriam que fazer caso contrário perderiam o conselho não seria justo??meu telefone 06299631-5802 FBC tem muito a ganhar com a realização dessa prova quanto mais pessoas fizerem melhor né R$!!!Brasil tudo e propina! Cuidado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Daniel, enviei minha nota de repúdio para o e-mail do CFC. É inacreditável tanta hipocrisia vindo de um conselho que deveria nos representar.
      Você poderia postar aqui o site do MP?

      Excluir
    2. Nossa estou abismada.... uma prova ridícula dessa....
      e não é necessária, pois trabalho com isso com uma pessoa q tem CRC e eu faço td e nada que cai nessa porcaria de prova praticamente precisamos.... o q precisamos mesmo não cai na prova...o que fazemos no dia a dia....nojo disso td

      Excluir
    3. Daniel,

      Segue meu número para o whats (82) 99904-9045. Alerto a todos que também tem uma Petição Pública na Internet, pedindo a anulação das questões. Todos devem assinar e assim vamos ser mais forte, do que essa Bancada sem respeito aos candidatos.

      Excluir
    4. Daniel,

      Segue meu número para o whats (82) 99904-9045. Alerto a todos que também tem uma Petição Pública na Internet, pedindo a anulação das questões. Todos devem assinar e assim vamos ser mais forte, do que essa Bancada sem respeito aos candidatos.

      Excluir
    5. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  8. É possível entrar com uma ação judicial? Como proceder??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Criamos um grupo e contratamos um advogado para entrar com mandado de segurança e pedindo a anulação das 5 questões duvidosas. Caso tenha interesse, entra na página da petição e veja os comentários!

      Excluir
  9. Eu fiz essa prova no começo do ano e ainda estava no 7 perido,consegui 33 acertos, nao vi nada de anormal ou que eu nao tenha aprendido na faculdade, creio que quem nao passou precisa estudar mais.

    ResponderExcluir
  10. Eu fiz essa prova no começo do ano e ainda estava no 7 periodo,consegui 33 acertos, nao vi nada de anormal ou que eu nao tenha aprendido na faculdade, creio que quem nao passou precisa estudar mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema não está em estudar. O problema é quando estudamos e as questões nos dizem que a legislação, os livros acadêmicos e todo o conhecimento que adquirimos durante anos de estudo estavam todos errados.
      E se cada um ficar pensando em seu próprio umbigo, porque passou, ficaremos a vida toda a mercê da "soberania" desse conselho, que não tem a mínima decência de dizer que errou.

      Excluir
    2. Amigo... Se a questão entra em desacordo com a NBC ou é mal formulada a ponto de induzir a erro, esta devera ser anulada de imediato apos se provado sua falha. Não tratasse de quem passou ou quase passou, tratasse de transparência e bom senso.
      Pois se continuar assim o CFC vai continuar fazendo erro atras de erro, enquanto nos, estudantes e profissionais de contábeis, seremos prejudicados por um órgão que não presa pela lisura e transparência. Testando os aspirantes a profissão de forma sujá, traiçoeira e irredutível.

      Excluir
  11. Fiz 24 pontos....como proceder para tentar anular uma questão agora? Somente mandar e-mail??pessoal vamos nos mexer....cabe recurso judicial??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vamos fazer um grupo no whatsapp pra correr atrás acertei 24 também

      Excluir
    2. Favor me adcionar no grupo 81 99696-8016

      Excluir
    3. Oi gente, também fiz 24 pontos, e todas as questoes passiveis de anulação não acertei, ou seja, qualquer uma que anulasse conseguiria passar, meu whats é 34 9 9638 8078, se fizerem um grupo, por favor ...me adiciona.Carolina Ester

      Excluir
    4. Criamos um grupo e contratamos um advogado para entrar com mandado de segurança e pedindo a anulação das 5 questões duvidosas. Caso tenha interesse, entra na página da petição e veja os comentários!

      Excluir
  12. E mais uma vez a história se repete, toda prova é a mesma coisa. Eles estão pouco se lixando pra classe. Na prova 2016.1 foi a mesma coisa, questões absurdas que não foram corrigidas e nada foi feito, muita gente reclamou, colocaram na justiça, ligara, mandaram milhões de e-mails e NADA. Não quero desanimar ninguém, mas reclamar por e-mail e ligação não adianta nada, a única forma realmente efetiva é reunir umas duzentas pessoas e fazer uma manifestação na porta deles como fizeram em 2014 (se não me engano). No mais, boa sorte a todos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas pelo menos na prova 2016.1 eles anularam duas questões! Nessa as questões 25 e 37 são claramente passiveis de anulação, pois os profissionais do CQC já provaram a existência de erro nessas questões. O minimo que o CFC deveria fazer é reconhecer o erro é anular tais questões.
      Mas é uma pena que no Brasil tudo que pode-se ser feito é por meio da justiça. Recomendo que impetremos em uma ação judicial publica de caráter de direito coletivo. Pois o minimo era termos 50 questões claras para resolver e não 48.

      Excluir
    2. vamos assinar galera....por favor

      http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR96023

      Excluir
  13. É triste! Claramente existem questões anuláveis, pois, elas entram em desacordo com as próprias Normas Brasileiras de Contabilidade, indo assim também contra a ética da profissão.
    Deveríamos entrar com ação civil publica contra o CFC, pois, o mesmo esta em desacordo com a função de zelar pelas Normas e princípios da profissão contábil.

    ResponderExcluir
  14. Isso é uma vergonha para CFC persistir no erro, tantas pessoas formandas sem poder exercer a profissão de contador por não conseguir passar nessa prova absurda, e depois ainda dizem que falta contador no país, se o cfc não respeita as normas e princípios como exigir da sua própria classe, vergonha! sem palavras pra descrever tanta decepção com esse conselho.

    ResponderExcluir
  15. PARECER
    Parecer do Grupo de Trabalho
    Conhecemos do recurso por ser tempestivo. Quanto à análise do mérito, o Grupo de
    Trabalho tem os seguintes pontos a comentar:
    Questão 25:
    Trata-se de questão prevista no Edital do Exame de Suficiência nº. 02/2016, no Anexo II –
    Detalhamento dos Conteúdos Programáticos 2. Contabilidade de Custos, item c) Controle,
    Registro Contábil, Apuração e Alocação de Custos: Custos dos produtos em elaboração e
    serviços em andamento, Custo dos Produtos Acabados, Equivalentes de Produção e Custos
    Conjuntos. Apropriação dos custos conjuntos aos coprodutos e subprodutos. Custos com
    mão de obra direta e indireta. Custos com Materiais Diretos e Indiretos. Custos com matériaprima,
    material secundário e material de embalagem. Métodos de controle de estoques de
    materiais. Custos indiretos de fabricação e seus critérios de rateio. Departamentalização.
    Centros de Custos. Custo dos Produtos Vendidos e dos Serviços Prestados.
    ABORDANDO ESPECIFICAMENTE ESTOQUE DE PRODUTOS ACABADOS
    A questão pede o saldo final do Estoque de Produtos Acabados, em 31.7.2016,
    considerando-se que a Indústria adota o Custeio por Absorção. Esse critério, possível de ser
    aplicado pela contabilidade gerencial, coincide com o preconizado pela contabilidade
    societária e financeira e prevê que todos os gastos incorridos para que o ativo esteja na
    condição pretendida sejam tratados como parte do seu custo.
    Nessa linha, o caput da questão destaca vários tipos de gastos que deveriam ser analisados
    pelo examinando quanto a sua consideração ou não como custo.
    Entre os apresentados, havia um que não poderia ser imputado ao estoque, como foi o caso
    da propaganda. Já os demais, foram exemplos clássicos de componentes de custo: matériaprima,
    mão de obra, depreciação de máquinas e energia elétrica da indústria.
    Ainda além, o enunciado segue afirmando que "toda a matéria prima necessária para a
    produção das 250 unidades foi alocada, tanto as unidades acabadas quanto as unidades
    em elaboração".
    Como não há nenhuma outra menção ao valor da matéria-prima, que não o gasto de
    R$175.000,00, não há como considerar que esse apontamento se refira a outro aspecto que
    não a sua aplicação na produção. Caso contrário, como esta teria sido iniciada em 250
    unidades e concluída em 50, sem aplicação de matéria-prima?
    Não há, portanto, ao nosso ver, outra interpretação que permitisse a resolução, de maneira
    lógica, do caso apresentado que não a apresentada a seguir:
    Conforme indicado na questão, em relação a Matéria-Prima, considerou-se gastos de
    R$175.000,00 para fabricar 250 unidades, portanto (R$175.000,00/250) = R$700,00 p/
    unidade.
    Sendo assim: 50 unidades acabadas = R$700,00 X 50 = R$35.000,00
    200 unidades semiacabadas = R$700,00 X 200 = R$140.000,00
    O total dos custos indiretos é R$500.000,00 (R$300.000,00 + R$80.000,00+ R$120.000,00)
    e deve-se considerar unidades equivalentes, uma vez que parte da produção não foi
    concluída. Em relação às 200 unidades, apenas 25% do processo produtivo está concluído,
    portanto:
    200 unidades X 25% = 50 unidades (equivalentes)
    50 unidades X 100% = 50 unidades
    Total: 100 unidades (50 acabadas + 200 equivalentes)
    Para alocação dos custos indiretos, deve-se considerar (R$500.000,00/100 unidades) X 50
    unidades = R$250.000,00.
    50 unidades acabadas = R$285.000,00 (R$35.000,00+R$250.000,00)
    200 unidades semiacabadas = R$390.00000 (R$140.000,00+R$250.000,00)
    Custos de produção 50 acabadas 200 semi
    acabadas
    Total
    Matéria-Prima R$35.000,00 R$140.000,00 R$175.000,00
    Indiretos (mão de obra, depreciação,
    energia elétrica)
    R$250.000,00 R$250.000,00 R$500.000,00
    Total Produção R$285.000,00 R$390.000,00 R$675.000,00
    O total do estoque de produtos acabados é R$785.000,00 (R$500.000,00 referentes ao
    estoque que já existia + R$285.000,00 referentes à produção acabada de julho).
    O GRUPO DE TRABALHO PARA A ELABORAÇÃO DE QUESTÕES PARA AS PROVAS
    DOS EXAMES DE SUFICIÊNCIAS DE 2016 DECIDIU POR UNANIMIDADE CONHECER
    DO RECURSO POR SER TEMPESTIVO E, NO MÉRITO, NEGAR PROVIMENTO EM
    RELAÇÃO À QUESTÃO.
    GRUPO DE TRABALHO FBC

    ResponderExcluir
  16. PARECER
    Parecer do Grupo de Trabalho
    Conhecemos do recurso por ser tempestivo. Quanto à análise do mérito, o Grupo de
    Trabalho tem os seguintes pontos a comentar:
    Questão 37:
    Trata–se de questão prevista no Edital do Exame de Suficiência no. 02/2016, no Anexo II –
    Detalhamento dos Conteúdos Programáticos 7. MATEMATICA FINANCEIRA E
    ESTATISTICA – item a) Juros simples e compostos.
    ABORDANDO ESPECIFICAMENTE JUROS COMPOSTOS
    A questão apresenta uma venda realizada em 31.1.2016, classificada no longo prazo,
    considerando-se que o prazo para recebimento foi de 14 meses.
    A questão traz como premissa que a sociedade classifica a obrigação gerada pela
    operação como uma obrigação de longo prazo. Tal classificação como não circulante é
    plenamente coerente com o que estabelece na NBC TG 26 (R3) – Apresentação das
    Demonstrações Contábeis, que indica os critérios alternativos para enquadramento de um
    item como não circulante, e ainda está de acordo com o que estabelece a Lei n.o 6.404/76,
    no que diz respeito ao estabelecimento de exercício social.
    Com base nos critérios abordados no art. 66 da NBC TG 26 (R3) – Apresentação das
    Demonstrações Contábeis, pode-se inferir que, por exemplo, se um item for realizado após
    doze meses após a data do balanço, será classificado como ativo não circulante, conforme
    disposto (grifo nosso):
    66. O ativo deve ser classificado como circulante quando satisfizer qualquer dos seguintes
    critérios:
    (a) espera-se que seja realizado, ou pretende-se que seja vendido ou consumido no
    decurso normal do ciclo operacional da entidade;
    (b) está mantido essencialmente com o propósito de ser negociado;
    (c) espera-se que seja realizado até doze meses após a data do balanço; ou
    (d) é caixa ou equivalente de caixa (conforme definido na NBC TG 03), a menos que
    sua troca ou uso para liquidação de passivo se encontre vedada durante pelo
    menos doze meses após a data do balanço.
    Todos os demais ativos devem ser classificados como não circulantes.
    Com base no que estabelece a Lei n.o 6.404/76, a empresa deverá elaborar o balanço
    patrimonial ao fim de cada exercício social, como dispõe:
    Art. 176. Ao fim de cada exercício social, a diretoria fará elaborar, com
    base na escrituração mercantil da companhia, as seguintes
    demonstrações financeiras, que deverão exprimir com clareza a
    situação do patrimônio da companhia e as mutações ocorridas no
    exercício:
    I - balanço patrimonial;
    ....
    Ainda com fulcro no art. 175 da referida norma, “ O exercício social terá duração de 1
    (um) ano e a data do término será fixada no estatuto. ”
    Considerando-se o disposto na norma societária, a empresa poderá ter um exercício
    social que se inicia em 1º. de fevereiro e término em 31 de janeiro do ano subsequente. Com
    base nessa premissa e à luz do que dispõe a norma contábil, uma venda a prazo realizada
    em 31.1.2016, com prazo de recebimento de 14 meses, venceria em 31.3.2017. Tal
    vencimento indica que, no balanço de 31.1.2016, esse direito seria classificado como Ativo
    Não Circulante.
    Ressalte-se, todavia, que, de forma objetiva, a questão pergunta sobre a parcela da
    receita financeira reconhecida no resultado, em fevereiro de 2016, sendo desnecessário
    observar a classificação do direito como circulante ou não circulante.
    No valor da venda está imputado juros de 2% a.m. Considerando-se este dado, o valor
    dos juros do mês de fevereiro de 2016 deverá ser calculado com base no valor presente da
    venda.
    O valor presente é calculado com base na fórmula:
    Valor presente em 31.1.2016 = 􀯏􀯔􀯟􀯢􀯥 􀯗􀯔 􀯏􀯘􀯡􀯗􀯔
    (􀬵􀬾􀯜)􀳙 , onde i é a taxa de juros contratada e no prazo
    para pagamento.
    Assim,
    Valor presente em 31.12.2016 = 􀬶􀬴.􀬴􀬴􀬴,􀬴􀬴
    (􀬵􀬾􀬴,􀬴􀬶)􀰭􀰰 = R$15.157,50
    Receita financeira reconhecida em fevereiro= R$15.157,50 x 2%= R$303,15
    O GRUPO DE TRABALHO PARA A ELABORAÇÃO DE QUESTÕES PARA AS PROVAS
    DOS EXAMES DE SUFICIÊNCIA DE 2016 DECIDIU POR UNANIMIDADE CONHECER DO
    RECURSO POR SER TEMPESTIVO E, NO MÉRITO, NEGAR PROVIMENTO EM
    RELAÇÃO À QUESTÃO.
    GRUPO DE TRABALHO FBC

    ResponderExcluir
  17. Gostaria de saber se podemos entrar com advogado para anular essas questões, pois isso te induz ao erro e temos que lutar pelos nossos direitos... e vamos fazer barulho genteeeeeeeeeeeee

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vamos fazer um grupo no whatsapp pra correr atrás dessas anulações

      Excluir
  18. Esse exame é um absurdo, horrível. Eu estudei muito e muita gente estudou tb. O tempo é muito curto para os cálculos e raciocínio, as questões são enormes, só de leitura a gente gasta um tempão e ainda temos que interpretar. Difícil ser aprovado em um exame assim...acabamos chutando por falta de tempo e ainda tem o gabarito incluído nesse pouco tempo. Chutando ninguém é aprovado e tb não é assim que vai medir conhecimento. O alto índice de reprovação em todos os exames demonstra que tem algo errado. E garanto que não é com os candidatos, afinal, somos os mais interessados nessa aprovação e queremos nosso CRC.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Alto índice de reprovação demonstra que o que está errado é a qualidade do ensino superior e o interesse de alguns alunos. Parabéns a quem passou, pra quem reprovou, bora estudar mais e especialmente para alguns: menos festinha, balada e cerveja da e mais estudo pra passar no crc.

      Ass: realista crítico da geração mimimi

      Excluir
    2. O alto índice de reprovação, é devido ao exame de suficiência não ser uma prova dirigida aos conhecimentos básicos da contabilidade, são questões estilo concurso, com pegadinhas. As faculdades ensinam bem e os alunos estudam muito, mas ninguém está preparado para esse tipo de exame. Questões com enunciados enormes e tempo curto para responder as mesmas. Parabéns ao candidatos aprovados. Aos reprovados, continuem estudando...esse exame não vai mudar...ainda vamos ter muitos candidatos indignados com esse exame. E vamos fazer os 25 pontos, pq infelizmente a banca não assume os erros!

      Excluir
  19. O que ainda pode ser feito para anular estas duas questões? Acredito que mandar e-mail ou ligar não seja o suficiente, precisamos entrar com uma ação judicial ou fazer uma manifestação igual a que aconteceu em 2014, pois é muita sacanagem duas vezes ficar com 24 pontos. Pessoal do site consegue orientar para podermos prosseguir??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também gostaria que o pessoal do site nos mostrasse uma forma de como proceder diante desta situação, onde ficou mais que claro que no mínimo teriam duas questões a serem anuladas.

      Excluir
  20. Pessoal, acho que acertei 24 questões (digo acho porque tem uma questão que marquei duas opções na prova, uma está certa e outra errada, e não sei qual marquei no gabarito kkk), mas de todo modo, está claro que existem questões passíveis de anulação, não me desce a garganta muitas questões, aquela 50... meu Deus, a resposta indeferida que eles me mandaram está cheias de contradições, mas o que eu faço, talvez precisaria de um professor de português para me orientar em como contra-argumentar essa resposta!
    Mas não podemos desistir, temos que ver qual a nova ação que devemos tomar!
    Quem entende de processo avaliativo e estuda essa área, sabe que essa prova tem todos os objetivos, menos o de avaliar! Essa prova é totalmente classificatória, excludente e tudo mais. Avaliar é muito mais que isso! É uma forma de diagnosticar como está o aprendizado dos estudantes para a partir daí tomar decisões para melhorar o processo de ensino-aprendizagem! Coisa que essa prova não faz! Só deixa o participante temeroso, ansioso... CFC, se atualizem e procurem ajuda de especialistas em avaliação, porque esse processo de vocês é da "época das cavernas"!
    Colegas, não podemos nos calar! Se temos certeza dos erros cometidos por eles, vamos procurar os nossos direitos, a mídia, o MP, sei lá... vamos denunciar essa falta de respeito com os participantes, e acima de tudo, com a profissão contábil!

    ResponderExcluir
  21. Vamos esperar a lista dos aprovados. Seguindo a tendência do CFC, provavelmente na segunda-feira estará no Diário Oficial!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa questão 50 tem que ser anulada. Olhem a resposta do recurso que eles me enviaram:
      "O texto Impacto social e o valor além do lucro [...] apresenta um movimento de ideias na sua constituição, de forma que há uma introdução, cuja composição se faz de comparações e informações de cunho histórico que projetam-se para apresentação da tese, o que se dá explicitamente no parágrafo “Entretanto, tem ficado cada vez mais clara a importância de se adotar uma estratégia de negócio que esteja verdadeiramente vinculada às populações por ela afetadas, com retorno financeiro, mas também com o retorno social e ambiental das suas ações.”
      (linhas 17 a 19).
      A partir de então, o autor demonstra ser clara a importância de serem vinculadas estratégia de negócio e populações. Faz isso por meio da indicação de ações tomadas por ONG e empresas. Continua desenvolvendo sua demonstração, trazendo ensejos de empresas e cuidando da importância estratégica das relações cooperadas entre setores públicos e empresariais.
      Por fim, conclui todo o raciocínio, abarcando todas essas ideias no parágrafo final, que se compõe de uma ponderação resultante das reflexões feitas em torno da tese, trazendo algo semelhante a uma proposta, diante do que a tese alega (Todos os negócios deveriam
      ter um propósito social que fosse além do retorno financeiro), com impressões de um desejo e um tom de aconselhamento, a partir do que foi comprovado sobre a tese (e mensurar o impacto social é fundamental para avançarmos em direção de um mundo mais sustentável e, portanto, mais justo). Ou seja, após comprovar a tese, a ideia defendida, o autor conclui, amarrando ideias e complementando-as com sugestões, em tom diferente daquele em que se processa a tese e sua comprovação.
      Dessa forma, a objeção feita no recurso (“A opção “b” também possui perfil de tese, mas também traz consigo a natureza de um argumento entre os diversos que sustentam a proposição apresentada pelo autor e não a própria tese em si. Há, sim, neste item, a constatação de que temos pouco retorno social das empresas no Brasil.”) apresenta equívocos de interpretação, pois a alternativa “b” é a própria tese, conforme o gabarito determina. O recurso não leva em conta a contextura da manutenção temática, desconsidera a arquitetura proposta, a apresentação e a retomada de ideias, tudo o que configura a metarregra da progressão."

      Se analisarmos a própria resposta do recurso impetrado, podemos constatar que a própria banca deixa claro que há na conclusão do texto resquícios da "tese" que eles defendem estar no quesito B. Levemos em consideração que eles estejam certos e que a questão B seja a tese do texto, porém, nesse caso a questão teria 2 opções corretas, deixando claro que depende de interpretação de cada um. Quem respondeu a B está certo e quem respondeu a D, também está correto, pois nela é retomada a tese defendida. Está claro isso.

      Excluir
    2. Essa banca tem que levar em consideração isso!
      Se fosse assim, talvez o enunciado deveria deixar claro então que era para identificar o trecho que melhor detalha a tese, pois tanto a B quanto a D deixam explicitadas a mesma. Aff...

      Excluir
    3. eu acertei 24 e respondi D essa essa questão 50 ta na cara que tinha que ser anulada estou indignado.

      Excluir
  22. galera como a questão 50 a letra D está errado essa questão 50 não devia ser anulada?

    ResponderExcluir
  23. quem topa fazer um grupo no Whatsapp e correr atrás das anulações?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Temos que fazer uma petição pública e enviar para o FBC e CFC. Tem um modelo do que o pessoal fez na prova anterior.

      Excluir
    2. Vc já fez o grupo meu nobre? Favor me adicionar (68)999853258- Adauto
      obrigado!

      Excluir
    3. Carolina Ester 34 996388078. Muito Obrigado!!!!

      Excluir
    4. tb fiz 24 e estou chocada nao terem cancelado todas as 5 9,25,37,11,50...gente a 50 tem duas respostas, marquei a D ,esta correta, a B tb pode ate estar correta, entao fica claro que deveria ser cancelada a 50..me adicionem no wats...pessoal assinem a petição por favor ....esta rolando a petiçao. 31 991159401

      Excluir
    5. Add Eu tbm. 33 988723822

      Excluir
  24. Vamos fazer estou formando um grupo no whatsapp quem quiser deixa o numero

    ResponderExcluir
  25. Mas deu certo, se sim vamos lá

    ResponderExcluir
  26. 89 999147951 vamos atrais dos nossos direitos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR96023

      Excluir
  27. Vamos nos unir...e ir atrás dos nossos direitos...(27) 9.9746-8581

    ResponderExcluir
  28. Vamos la agora tem que colocar muita gente 79 999063412

    ResponderExcluir
  29. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  30. para anulação teremos q entrar com uma petição conforme fizeram na prova anterior...

    http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR91330

    Teremos q juntar o máximo de pessoas q se sentiram prejudicadas....

    ResponderExcluir
  31. Também quero 77 98877-9760.
    Agora temos que agir rápido e conseguir o máximo de pessoas que pudermos, até quem já está aprovado pode ajudar nesse momento, afinal a luta tem que ser da classe, pois eles precisam ser mais cuidadosos ao formularem essas questões. Isso pode decidir a aprovação ou reprovação de um candidato.

    ResponderExcluir
  32. Ai pessoal este link http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR96023 é uma abaixo assinada para a FBC e CFC acessem e assinem vamos lé

    ResponderExcluir
  33. Boa noite pessoal! Estamos fazendo uma petição para que a FBC e CFC revejam as questões e os recursos que encaminhamos. Assinem o quanto antes para que nossa voz seja ouvida.
    http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR96023
    Peço ao contador a qualquer custo que noa ajudem nessa divulgação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei ótimo a ideia e até já assinei, mas seria bom (não sei se possível) fazer uma pequena revisão no corpo do texto. Existem pequenos erros que podem influenciar no entendimento do mesmo, como por exemplo pontuações, concordâncias, etc. Não me levem por mal, meu objetivo está sendo somente para benefício de todos e para que alcancemos o alvo à qual estamos lutando!
      Seja o que Deus quiser.

      Excluir
    2. Também percebi e por isso reformulei caso queiram utilizar, segue:

      Nesse Abaixo-assinado venho, em nome da Classe de Bacharéis de Contabilidade, solicitar a anulação das questões 9, 11, 25, 37 e 50. No Exame de Suficiência 2016.2, realizado pela Fundação Brasileira de Contabilidade (FBC), nas questões supracitadas elaboradas por essa instituição, existem erros claros e passíveis de anulação como, por exemplo, questões mal elaboradas e com dupla interpretação induzindo o candidato ao erro, isso é inadmissível em um exame dessa proporção. Fato esse que incitou alguns candidatos a enviarem, em tempo hábil, recursos com as devidas reclamações.
      Apesar dos vários recursos interpostos por mim e vários outros candidatos, devidamente embasados nas leis e livros, e solicitando a anulação das referidas questões, não houve nenhum deferimento por parte do FBC e CFC, que não souberam reconhecer os erros cometidos, prejudicando muitos candidatos. Ademais, é sabido que há um histórico de erros nos Exames de Suficiência realizados por essa Fundação há alguns anos. O que nós candidatos não admitimos é que sejamos prejudicados por esses erros, afinal, houve de nossa parte dedicação, empenho e investimento envolvido nesse exame.
      Dessa forma, estamos demonstrando a insatisfação com a Fundação Brasileira de Contabilidade e o Conselho Federal de Contabilidade, pois não estamos vendo apoio à classe, apoio este que deveria vir primeiramente da parte dessas instituições. Até quando iremos ter que ver esses equívocos cometidos, solicitar recursos e não ter respostas digna, isso é um absurdo! Só precisam mostrar humildade de reconhecer seus erros nas questões mencionadas, praticar a justiça e não a injustiça como estamos observando nesse exame 2016.2.
      Pedimos que sejam feitas novas avaliações das questões citadas e aguardamos que seja divulgado novo gabarito com as devidas anulações, pois sabendo dos nossos direitos de acordo com a Constituição Federal.
      Podemos resolver de forma pacífica ou buscar ajuda na justiça.
      Desde já agradecemos a compreensão.

      Davi Ribeiro

      Excluir
    3. I ae ,como vamos fazer pra entra com recurso novamente , acho q vou precisar de uma questão

      Excluir
    4. Vamos tentar através de Petição Pública
      Link: http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR96023

      Excluir
  34. Caros Amigos,

    Acabei de ler e assinar o abaixo-assinado: «Anulação de questões do gabarito do Exame de Suficiência 2016.2» no endereço http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR96023

    Concordo com este abaixo-assinado e cumpro com o dever de o fazer chegar ao maior número de pessoas.

    Caso você concorde, agradeço que assine o abaixo-assinado e que ajudem na sua divulgação através de um email para os seus contatos.

    Obrigado.

    Adauto

    ResponderExcluir
  35. Já assinaram este Abaixo-Assinado
    66 PESSOAS

    A internet é uma das ferramentas mais importantes da liberdade de expressão na sociedade de hoje. O direito de abaixo-assinado pode considerar-se como um dos mais antigos direitos fundamentais dos cidadãos e também dos mais antigos métodos da democracia.
    Petição Pública Brasil

    Os abaixo-assinados são uma das formas mais eficazes de nos fazermos ouvir.
    Camila Cardoso

    Vamos lá pessoal!!Divulguem o link por favor.

    ResponderExcluir
  36. http://www.peticaopublica.com.br/psign.aspx?pi=BR96023 já tem mais 250

    ResponderExcluir
  37. Acabei de assinar. Gostaria de saber se qualquer pessoa pode assinar ou só pessoas ligadas a prova.

    ResponderExcluir
  38. Qualquer pessoa pode, temos que atingir umas 3000 pessoas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ok. É q tenho amigos q querem assinar p ajudar. Vou divulgar o link p meus contatos. Já temos mais d 600 assinaturas.

      Excluir
  39. Assinei também para ajudar. Será que esse abaixo assinado funcionará?
    Espero que todos consigam pois realmente é injusto essa autoridade do CRC com os direitos de quem fez a prova.

    ResponderExcluir
  40. Muita indignação...mas de qualquer modo assinei a petição em ajuda a todos da nossa classe contadora,e a mim que me vi prejudicada na prova, e a banca não fazer as devidas anulações.

    ResponderExcluir
  41. A banca nem leu nada, pq nao quis considerar nada alem de reprovacoes.Os recursos nao foram lidos !!!

    ResponderExcluir
  42. Acabei de assinar!!
    Peço me add no grupo do whatzapp (28)9.9922-7022
    Essas questões 25, 37 e 50 não tem condições não serem anuladas...

    ResponderExcluir
  43. Engraçado é que essa prova contraria a representação fidedigna que está entre as características qualitativas. Onde está a informação neutra, completa e LIVRE DE ERROS? Não vi em muitas questões dessa prova. Questões mal formuladas. Da mesma forma que, se tratando de fatos contábeis, precisamos da maior exatidão para não termos margem de erro, é preciso para elaborar a prova para que prestemos o exame. Existe um paradoxo nisso tudo. Eles precisam sim, abrir mão das questões mal formuladas e anulá-las.

    ResponderExcluir
  44. GENTE FOI DIVULGADO NO DOU, HOJE (21/11/2016) A LISTA DE APROVADOS 2016.2.
    http://www.jusbrasil.com.br/diarios/DOU/2016/11/21/Secao-3?p=14

    ResponderExcluir
  45. acessem o link:

    http://www.jusbrasil.com.br/diarios/DOU/2016/11/21/Secao-3?p=14

    ResponderExcluir
  46. Estou arrasada! Cade as anulações? que conselho é esse que nos representa?
    Quero justiça!

    ResponderExcluir
  47. Existe uma petição que solicita a anulação das questões que foram mal elaboradas no Exame 2016.2. Divulguem para todos os seus conhecidos, qualquer pessoa pode assinar esta petição. Após assinarem neste link, precisam confirmar o link no email informado!!!!

    http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR96023

    ResponderExcluir
  48. qual o procedimento após a petição pública? em 2016.1 houve?

    ResponderExcluir
  49. PETIÇÃO JUDICIAL CONTRA O GABARITO OFICIAL, ASSINEM GALERA VAMOS DIVULGAR ESTE ABSURDO DE NÃO RECONHECIMENTO DE ERROS DAS INSTITUIÇÕES QUE REPRESENTAM A CLASSE CONTÁBIL.

    http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR96023

    ResponderExcluir
  50. O Alto índice de reprovação é o resultado de uniesquinas pauperrimas e cursos EaD de baixa qualidade, além de inscritos que ao invés de estudarem com seriedade, preferem reclamar de três ou quatro questões duvidosas. Se a prova tivesse 40 questões aceitáveis, alguém que estudou um pouco já conseguiria 25 acertos. Quem chora porque ficou com 23 ou 24 acertos, tinha dezenas de questões pra acertar. Menos Facebook, menos balada, menos cachaça ou até menos Internet e vídeo game e Boa sorte no próximo exame. Nota: eu errei as questões polêmicas, mas por ter estudado, acertei 44 das outras.

    Ass: crítico realista sem papas na língua da geração mimimi.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assino em baixo, apenas um detalhe que não concordo faço EAD e acertei 40.Independente da modalidade de ensino falta empenho, colocar culpa em 3 questões é ilusão.

      Excluir
    2. Quando sair o resultado definitivo identifique-se, por favor. Precisamos aprender com vc, mostre seu desempenho no exame. pq se esconde?

      Excluir
    3. Então ele concorda que as "questões polêmicas" tbm o prejudicaram. O que falta nesse sujeito/a é consciência de classe.
      É uma pena ter pessoas desse tipo como "colega" de profissão.

      Excluir
    4. Deixa eu ver se eu entendi...
      Eu acertei 24 questões de uma prova que tinha 50 questões,ok aí 5 questões da prova estão erradas e mau formuladas das quais 3 eu acertei, sim ok. Então eu teria 27 acertos aaaa sim teria passado. Mais a banca que fórmula o exame erra e eu não tenho direito de reclamar por que? aaaa afinal tinha mais questões que eu deviria ter acertado nossa como eu não pensei nisso antes.Entao a prova de 50 questões na te dá uma boa margem até pra aceitar os erros da banca. Nossa vc é um gênio.

      Excluir
  51. Parabéns aos que passaram, eu passei também gracas a Deus, mas me solidarizo com os colegas e por isso, assinei a petição, afinal quem somos nós para julgarmos o erro do outro ou ter sentimento de superioridade. Torcendo por vcs colegas!. Vamos assinar! http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR96023

    ResponderExcluir
  52. Não importa quem errou, ou quem acertou, estamos aqui querendo que seja reconhecido os erros da banca para que essa e as próximas provas sejam uma avaliação justa e não apenas para arrecadação.

    E LEGAL pra quem acertou e passou, mas esse tipo de comentário não ajuda ninguém POIS NÃO ESTAMOS AQUI PARA QUERER NADA DE NINGUÉM E NEM PREJUDICAR NINGUÉM APENAS QUE A BANCA SEJA HONESTA E NÃO VIRE UMA MAFIA DE ARRECADAÇÃO COMO É COM Á OAB.

    ResponderExcluir
  53. Vamos exigir anulação das questões. Isso é uma sacanagem.

    ResponderExcluir
  54. Vamos exigir anulação das questões. Isso é uma sacanagem.

    ResponderExcluir
  55. Caros Amigos,

    Acabei de ler e assinar o abaixo-assinado: «Anulação de questões do gabarito do Exame de Suficiência 2016.2» no endereço http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR96023

    Concordo com este abaixo-assinado e cumpro com o dever de o fazer chegar ao maior número de pessoas.

    Caso você concorde, agradeço que assine o abaixo-assinado e que ajudem na sua divulgação através de um email para os seus contatos.

    ResponderExcluir
  56. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  57. Vamos ajudar e pedir aos amigos e familiares, a classe contábil agradece, pois aplicaram uma prova muito confusa, estamos juntos! http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR96023

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É triste! cadê a Ética Moral? Já começa do conselho? kkkkkk

      Excluir
  58. pessoal, vamos nos unir...assinem...peça aos seus amigos...qualquer um pode assinar

    http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR96023

    ResponderExcluir
  59. Galera, segue numero a ser adicionado no grupo. (22) 99830-8102
    vlw

    ResponderExcluir
  60. Galera, algum progresso?
    add 048 984931383

    ResponderExcluir
  61. Primeiramente gostaria de agradecer as pessoas que entendem e tem apoiado a nossa causa.

    http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR96023...

    Estamos chegando a 10% do total de inscritos no exame. Mas uma vez venho solicitar o apoio não só dos que se sentem prejudicados e sim também dos aprovados demonstrando abaixo que houve sim um equívoco segundo um dos principais sites da área contábil, alem de outros professores que contestam as devidas questões.

    Contador a Qualquer Custo sentindo-se com raiva. Curtir Página
    18 de novembro às 19:07 •

    GABARITO OFICIAL APÓS RECURSOS É DIVULGADO
    FBC divulga o Gabarito Oficial após a análise dos recursos e não anula nenhuma questão. Mais uma vez a FBC traz para si um ar de fúria e desconfiança dos participantes, quanto a elaboração da prova e negligência quanto as anulações. Questões mal formuladas, confusas e covardes tanto na dificuldade quanto na interpretação. Cabe agora aos participantes como em outros exames reclamaram buscarem explicações e lutarem pelo que acham que deveria ser anulado.
    Em vários dos exames passados, ocorreram a divulgação de outro gabarito oficial e até 2 após a análise dos primeiros recursos. Como também mais de uma lista de aprovados, nada está perdido, porém a batalha é grande é árdua.

    Equipe do Contador a Qualquer Custo
    Terça-feira, 18 de outubro de 2016.

    RECURSO QUESTÃO 37 EXAME SUFICIÊNCIA 2016.2
    ESSA QUESTÃO NÃO É PELO CÁLCULO QUE DEVA SER ANULADA E SIM PELO ENUNCIADO

    http://www.contadoraqualquercusto.com.br/.../recurso...

    quarta-feira, 19 de outubro de 2016

    RECURSO QUESTÃO 25 EXAME SUFICIÊNCIA 2016.2

    EXISTE ELEMENTOS ROBUSTO PARA INTERPOSIÇÃO DE RECURSO E QUE A QUESTÃO SEJA ANULADA.

    http://www.contadoraqualquercusto.com.br/.../recurso...

    Suficiência Contábil
    18 de novembro às 17:23 •

    FBC divulga Gabarito Oficial do Exame 2016.2
    Infelizmente, a banca não anulou as questões que julgamos mal formuladas.
    Em nosso ponto de vista, isto foi uma injustiça. Não bastasse a prova ter um nível notadamente mais difícil, a não anulação das questões que estavam visivelmente mal formuladas penalizou ainda mais os candidatos. Uma pena. Em breve confeccionaremos um post e publicaremos no site.

    Suficiência Contábil Acreditamos que isto foi uma injustiça com os candidatos. Não bastasse a prova ter um nível notadamente mais difícil, a não anulação das questões que estavam visivelmente mal formuladas vem penalizar ainda mais os candidatos. Uma pena.

    Suficiência Contábil

    https://suficienciacontabil.com.br/.../como-elaborar-o.../

    https://suficienciacontabil.com.br/.../gabarito.../

    Após ter demonstrado não só a indignação de muitos candidatos como também dos principais sites que abordam o conteúdo contábil, fica claro as evidências de erros e abusos em edições passadas como demonstra a reportagem feita ainda esse ano na prova anterior. Segue abaixo o link da reportagem.

    http://noticias.r7.com/.../bachareis-de-contabilidade...

    Venho respeitosamente pedir a Federação Brasileira de Contabilidade pedir uma melhor avaliação das questões pertinentes na petição e que seja julgado diferido nas questões que realmente são cabíveis de anulação.

    ResponderExcluir
  62. Vamos lutar pessoal, me adicionem 61-98171-8429

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vcs podem me adicionar tambem (92)981980996

      Excluir
  63. Vamos todos enviar email para as emissoras de TV.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já fiz....
      Olha o meu padrão:

      Olá. Esse ano vocês fizeram a seguinte matéria: http://noticias.r7.com/economia/bachareis-de-contabilidade-reclamam-de-erros-em-exame-de-suficiencia-17062016

      Gostaria de informar que tal situação se repete de forma igual, bem como o descaso do Conselho Federal de Contabilidade e a Fundação Brasileira de Contabilidade.
      Já existe uma Petição Pública com quase 4 mil assinaturas (http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR96023), 1.500 a mais do que a relatada na matéria.
      Gostaria que vc do R7 fizesse uma matéria e procurasse esses órgãos para se manifestarem a respeito de tais reivindicações, pois não podemos aceitar a tirania desses conselhos, pois estudamos anos para nos qualificar o não podemos exercer a profissão em função de erros não assumidos por órgãos que deveriam nos representar.
      Sou totalmente favorável a aplicação do exame de suficiências, mas que seja feita com responsabilidade e dedicação.
      Abraços

      Excluir
    2. Alguem sabe me informar quando sera enviada a petiçao?? ela pede anulação das 5 questões mal formuladas, de duplo sentido(absurdasss). Se aceita ela anula as 5 questoes??

      Excluir
  64. mandem o numero do zap ai para podermos gavar e pedir para adiciona no grupo.

    ResponderExcluir
  65. me add por favor 22 98141-5607

    ResponderExcluir
  66. Olá bom dia, favor me add 34 996388078 Carolina Ester

    ResponderExcluir
  67. Bom, primeiramente gostaria de dizer que estou com vocês e que questões mal elaboradas deveriam ser anuladas. Quando prestei, havia pelo menos umas 3 questões muito mal elaboradas, não houve nenhuma anulação, mas felizmente não precisei que nenhuma fosse anulada.

    Porém não concordo com alguns falando aqui que esse exame não precisa ser aplicado. Na minha opinião, precisa SIM. Levei muito a sério a faculdade, diferente de alguns colegas de classe que levaram "nas coxas", não acho justo termos tratamentos iguais. Muitos erros médicos acontecem por não existir um exame para obtenção do crm, eles simplesmente terminam a faculdade e obtem licença para exercer. Os alunos de medicina morrem de medo que tal exame surja na classe deles.

    Por fim vi alguns falando que o conselho enche os cofres de dinheiro com as taxas da prova. Até enchem mesmo haha mas, se fosse só pelo dinheiro aprovariam todo mundo, a anuidade de contador é 4, 5x mais cara que a taxa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tu sabe das coisas cara. Bom posicionamento, pois prova tem que existir sim. Monte de gente que estudou comigo, se formou filando e esses são os que pedem à extinção da prova. Passei nesse apertado, com apenas 27 acertos, mas se tivesse reprovado, tentaria novamente até passar.

      Excluir
  68. Vamos estudar para 2017.1 pois eles não vão anular...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde,
      Você esta falando que não irão anular pq sabe de alguma novidade?

      Favor se souberem de alguma novidade, postem aqui.

      Abraços

      Excluir
  69. Gostaria de saber onde encontro a prova, só achei o gabarito!

    ResponderExcluir
  70. Bom dia!

    Localizei outro abaixo assinado se puderem assinar também este.
    https://www.change.org/p/jos%c3%a9-martonio-alves-coelho-anula%c3%a7%c3%a3o-de-quest%c3%b5es-do-gabarito-do-exame-de-sufici%c3%aancia-2016-2

    Obrigado!

    ResponderExcluir
  71. Segue zap: (21)98741-5154 Alexandre Fernandes - Rio de Janeiro

    ResponderExcluir