quarta-feira, 13 de abril de 2016

SISTEMÁTICA DE ANULAÇÃO DE QUESTÕES ATUALIZADO


 
EM PRIMEIRO LUGAR NÓS NÃO FAREMOS OS MODELOS DE RECURSOS, POIS ISSO DEVE SER FEITO INDIVIDUALMENTE E CADA UM DEVE COLOCAR SEUS ARGUMENTOS, ATÉ PORQUE SE TODOS FIZEREM EXATAMENTE IGUAIS NÃO ADIANTARÁ DE NADA, POIS SE UM FOR CONSIDERADO INFUNDADO TODOS TAMBÉM SERÃO. ENTÃO SÓ PRECISA DE UM RECURSO BEM FUNDAMENTADO PARA SER CAPAZ DE ANULAR UMA QUESTÃO, PORÉM SE TIVEREM MUITOS DE UMA MESMA QUESTÃO, PODE SER QUE LEVANTE UMA MAIOR CONSIDERAÇÃO.
A ANULAÇÃO DE QUESTÃO É REALIZADA ATRAVÉS DO SISTEMA DE INSCRIÇÃO DO PARTICIPANTE, O MESMO ENTRA COM SEU CPF E SENHA E APÓS A DIVULGAÇÃO DO GABARITO PRELIMINAR OFICIAL, O PARTICIPANTE TEM A CHANCE DE QUESTIONAR AS QUESTÕES QUE ACHAR QUE DEVEM SER ANULADAS E APRESENTAR MOTIVOS FUNDAMENTADOS DO PORQUÊ DA ANULAÇÃO.

A ANULAÇÃO BENEFICIA QUEM ERROU A QUESTÃO E NÃO PREJUDICA QUEM ACERTOU, POIS TODOS PONTUAM NA QUESTÃO ANULADA, OU SEJA, SE VOCÊ TINHA ACERTADO ELA NADA IRÁ MUDAR NA SUA PONTUAÇÃO, MAS SE VOCÊ TIVER ERRADO, ELA AGORA VALERÁ COMO PONTO PRA VOCÊ.

QUESTÕES QUE NOSSO JULGAMENTO PODEM LEVAR O PARTICIPANTE AO ERRO POR MÁ ELABORAÇÃO:

QUESTÃO 3 - NÃO DEVE ANUALAR

A LEI É CLARA COMO DIZ ARNALDO CÉSAR COELHO, A RESERVA LEGAL DEVE SER PARADA A SUA CONSTITUIÇÃO QUANDO ELA REPRESENTAR 20% DO CAPITAL SOCIAL, OU SEJA O CAPITAL SUBSCRITO É O CAPITAL SOCIAL. ENTÃO PRA COMPLETAR OS 20%, FALTAM APENAS 162,00 POR ISSO NESSE MOMENTO A EMPRESA NÃO PODE CONSTITUIR OS 5% CONFORME A LEI E SIM O RESTANTE.



QUESTÃO 5 - NÃO É CERTEZA

NO PRIMEIRO MOMENTO QUE LI EU MESMO ME CONFUNDI, IMAGINA UM PARTICIPANTE QUE ESTÁ ALI NA PRESSA E NERVOSISMO DA PROVA, O SEU ENUNCIADO FALA DAS TRANSAÇÕES DE JANEIRO E APRESENTA ESSAS TRANSAÇÕES ABAIXO.

NO PRIMEIRO ITEM APRESENTA A COMPRA DA MERCADORIA E O TRIBUTOS, NO SEGUNDO ITEM APRESENTAM OS DADOS DA VENDA, PORÉM A PRIMEIRA FRASE É UM TANTO CONFUSA, DIZ ASSIM:

"Venda à vista, de 50% de mercadorias adquiridas por R$ 160.000,00" AO MEU VER, ESSA QUESTÃO TEM UM ERRO DE ELABORAÇÃO QUE PODE LEVAR ALGUM PARTICIPANTE A ACHAR QUE 160.000,00 SERIA O PREÇO DA MERCADORIA ADQUIRIDA, ELA PARA SER MAIS CLARA DEVERIA TER VINDO ASSIM:

"Venda à vista por R$ 160.000,00 de 50% das mercadorias adquiridas" ESTE É O NOSSO PONTO, MAS A QUESTÃO NO ITEM ACIMA JÁ APRESENTOU OS DADOS DA COMPRA, ENTÃO SE ALGUÉM QUE SE SENTIU PREJUDICADO POR ISSO, QUE ARGUMENTE NO SISTEMA.

QUESTÃO 14 - NÃO CABE

A QUESTÃO FALA SOBRE CONSOLIDAÇÃO, ENTÃO NOS AJUSTES DEVEMOS EXCLUIR AS TRANSAÇÕES EM COMUM ENTRE A INVESTIDA E INVESTIDORA. SE VOCÊS OLHAREM COM ATENÇÃO VERÃO QUE NO ATIVO CIRCULANTE DA INVESTIDORA TEM UM DIVIDENDOS A RECEBER DE R$ 32.000 E NO PASSIVO DA INVESTIDA UM DIVIDENDOS A PAGAR DE R$ 40.000, DENTRO DESSES 4OMIL, 32MIL SÃO REFERENTES AOS QUE A INVESTIDORA TEM A RECEBER. ENTÃO TEM QUE SER ELIMINADO ESSES VALORES DE AMBAS. SE NÃO FOSSE ISSO, TANTO O PASSIVO QUANTO O ATIVO ESTARIAM CORRETOS NAS AFIRMATIVAS. 



QUESTÃO 21 - NÃO É CERTEZA

ALGUNS PARTICIPANTES DIZEM QUE SE CONFUNDIRAM NESSA QUESTÃO POR ELA TRAZER NA TABELA O ITEM VALOR TOTAL DE AQUISIÇÃO DAS MERCADORIAS. POIS BEM, SE ALGUÉM CONSEGUIR CONVENCER A BANCA QUE ISSO REALMENTE É CONFUSO, POIS DEVERIA VIR UMA INFORMAÇÃO COMPLEMENTAR TIPO: VALOR TOTAL BRUTO DE AQUISIÇÃO DAS MERCADORIAS, JÁ QUE OS ABATIMENTOS SOBRE COMPRAS DEVEM CONSTAR NA NOTA FISCAL EM DESCONTOS. 

QUESTÃO 26 - TUDO É POSSÍVEL
NÃO VEJO MOTIVO PARA ANULAÇÃO DESSA QUESTÃO PELO FATO DE ELA NÃO TER COLOCADO O ITEM IV NAS ALTERNATIVAS, POIS O MESMO ESTAVA ERRADO, ISSO NÃO PREJUDICOU E SIM AJUDOU OS PARTICIPANTES.

QUESTÃO 35 - PROVÁVEL

ESSA QUESTÃO DEBATI COM UM AMIGO E PARTICIPANTE DA PROVA, WOLNEY MUSSALAN DO ESTADO MATO GROSSO, EM QUE O MESMO ENTENDE MUITO DO ASSUNTO E ME FALOU SOBRE ISSO E CONCORDEI COM ELE. NA CLT DE REGRA GERAL UTILIZAM O ART 67 PARA REVEZAMENTO AOS DOMINGOS E QUE O ITEM 3 DA QUESTÃO 35 FALA DO ART 386 QUE É DA PROTEÇÃO DA MULHER, ENTÃO O ENUNCIADO DEVERIA TER CITADO ISSO, POIS CAUSOU CONFUSÃO. 
 
Art. 67. Parágrafo único - Nos serviços que exijam trabalho aos domingos, com exceção quanto aos elencos teatrais, será estabelecida escala de revezamento, mensalmente organizada e constando de quadro sujeito à fiscalização.


Art. 386 - Havendo trabalho aos domingos, será organizada uma escala de revezamento quinzenal, que favoreça o repouso dominical.

 
   
QUESTÃO 41 - QUEM SABE

O CÓDIGO DE ÉTICA É CLARO NO ART. 7 E EM SEU PARÁGRAFO ÚNICO, PORÉM SÓ TEM UM PROBLEMA, NO ARTIGO FALA QUE O PROFISSIONAL PODE TRANSFERIR PARCIALMENTE E NA QUESTÃO ELE FALOU QUE TRANSFERIU A MAIOR, PORÉM PARCIAL NÃO QUER DIZER QUANTIDADE E SIM QUEBRADO, OU SEJA REPARTIDO.

QUESTÃO 43 - QUEM SABE

UM AMIGO VEIO QUESTIONAR-ME SOBRE ESSA, POIS NO SEU ENTENDIMENTO NA SUA LEITURA ELE ACHA QUE OS ITENS FALAVAM DO AUDITOR E NÃO DA ADMINISTRAÇÃO. POIS BEM, OS ITENS PARECEM UM TANTO AMBÍGUOS QUANDO DIZEM "SUA RESPONSABILIDADE", REALMENTE MUITOS PODEM ACHAR QUE REFEREM-SE A PESSOA DO AUDITOR E SUA RESPONSABILIDADE. 
NOS ÚLTIMOS EXAMES A BANCA TEM TIDO MUITO CUIDADO COM ERROS DE DIGITAÇÃO E FORMULAÇÃO, PARA CONSEGUIREM ANULAR ALGUMA QUESTÃO DESSA DEVEM TER ARGUMENTOS FORTES E BEM FUNDAMENTADOS. ESSES DAÍ SÃO OS MEUS PONTOS DE VISTA. NÃO POSSO GARANTIR QUE IRÃO OU NÃO SEREM ANULADAS, APENAS ESTOU DANDO UMA SUGESTÃO DE ARGUMENTO. BOA SORTE A TODOS E SUCESSO.

 QUESTÃO 48 - PROVÁVEL

COMO DE FATO MUITOS PARTICIPANTES TÊM COMENTADO, ACREDITO QUE TAMBÉM ESTA POSSA SER ANULADA, JÁ QUE OMITIU UMA INFORMAÇÃO DA NORMA.
O ITEM III NA PROVA ESTÁ BASEADO NA ANTIGA RESOLUÇÃO DO CFC N° 1.243/09 QUE ENTROU EM VIGOR EM 1° DE JANEIRO DE 2010, MAS TEVE UMA ALTERAÇÃO NA NORMA BRASILEIRA DE CONTABILIDADE - NBC TP N° 001, EM 27 DE FEVEREIRO DE 2015. ONDE ACRESCENTOU A PALAVRA "QUANTIDADES" FICANDO ASSIM A NOVA NBC TP 01 O ARBITRAMENTO É A DETERMINAÇÃO DE VALORES, "QUANTIDADES" OU A SOLUÇÃO DE CONTROVÉRSIA POR CRITÉRIO TÉCNICO-CIENTÍFICO  ONDE ACRESCENTOU A PALAVRA "QUANTIDADES" FICANDO ASSIM A NOVA NBC TP 01 O ARBITRAMENTO É A DETERMINAÇÃO DE VALORES, "QUANTIDADES" OU A SOLUÇÃO DE CONTROVÉRSIA POR CRITÉRIO TÉCNICO-CIENTÍFICO.




PROFESSOR ANTONIO QUIRINO

252 comentários:

  1. O site do CQC pode divulgar o prova em PDF antes do site do FBC ou não... Não pude espera a prova... Se possível divulga no site... Agradeço...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. prova divulgada
      http://www.fbc.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=132&Itemid=119

      Excluir
    2. Alguém sabe quando sai o resultado dos recursos?

      Excluir
  2. Jerssyca, também tô nessa :/. Agradeceria muito se a prova fosse divulgada.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. não pode, mas desde que o Marcelo Tas saiu tá mó zona!

    ResponderExcluir
  5. NO GABARITO PRELIMINAR JA APARECE SE VOCÊ TA APROVADO OU REPROVADO.

    ResponderExcluir
  6. PROFESSOR E A QUESTÃO N 35 A PROVA FALA QUINZENAL E A LEI FALA MENSAL

    ResponderExcluir
  7. Professor, e a questão 35? No item III o revezamento segundo a CLT é mensal e n quinzenal como fala no item.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Decreto Lei 5452/43 - Art. 386 - Havendo trabalho aos domingos, será organizada uma escala de revezamento quinzenal, que favoreça o repouso dominical.

      Excluir
    2. Porem temos que observar o art. 67, poi em via de regra geral e o aplicado pelas empresas, mais em todo caso a questão 35 deveria ter colocado ou especificado melhor por se tratar de um artigo especifico e de pouca aplicação, e tambem temos que observar que temos dentro de uma mesma Lei CLT, dois artigos com mesmo assunto.

      Art. 67 - Será assegurado a todo empregado um descanso semanal de 24 (vinte e quatro) horas consecutivas, o qual, salvo motivo de conveniência pública ou necessidade imperiosa do serviço, deverá coincidir com o domingo, no todo ou em parte.

      Parágrafo único - Nos serviços que exijam trabalho aos domingos, com exceção quanto aos elencos teatrais, será estabelecida escala de revezamento, mensalmente organizada e constando de quadro sujeito à fiscalização.

      Excluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. A CLT dispõe no artigo 386 que para a mulher que laborar em escala de revezamento, o seu descanso dominical deverá ser organizado quinzenalmente.

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Passei com 34 acertos so estudando por aqui XD, obrigado professor!!

    ResponderExcluir
  12. Acertei 24. Vou preparar recurso na n. 5. Obrigada por esse site aprendi muita coisa. Parabéns!

    ResponderExcluir
  13. Acertei 24. Vou preparar recurso na n. 5. Obrigada por esse site aprendi muita coisa. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. EU TB ACERTEI 24, e tb vou precisar de recurso na 5. Podemos fazer o que?? Tem mai alguém nesta situação???

      Excluir
    2. eu acertei 24, vou entrar com recurso na 5 e na 41.

      Excluir
    3. Grazi, me passe o modelo de seu recurso. Tbm estou na mesma que você. marcioalvescontabil@hotmail.com

      Obrigado desde já.

      Excluir
    4. pessoal, tbem acertei 24 - Alguem pode me passar o modelo de recurso para a questao 5. Obrigada. danielemeller@hotmail.com

      Excluir
    5. Pessoal estou na mesma situação acertei 24, vou entrar com recurso na questão 5 se alguém puder passar o modelo agradeço.
      reinaldoreis1916@gmail.com

      Excluir
    6. Eu acertei 23 vou fazer da 5 e acredito que na 21. São as que eu mais acredito que sejam anuladas.
      Se alguém tiver algum modelo, por favor me passe.
      daiane.brandt@hotmail.com

      Excluir
    7. Eu acertei 23 vou fazer da 5 e acredito que na 21. São as que eu mais acredito que sejam anuladas.
      Se alguém tiver algum modelo, por favor me passe.
      daiane.brandt@hotmail.com

      Excluir
    8. Acertei 24....E entrei com recurso na 5, 35 e 43 que são as que eu preciso. Mas hoje vou entrar com recurso nas demais passíveis ainda que tenha acertado, pra ajudar a GALERA que precisa como eu....Afinal, quanto maior o número de reclamações numa questão, maior

      Excluir
    9. Cida, preciso de entrar em recurso na questão 21, 26 e 43. vc teria como me passar o modelo da questão 43? Ficaria muito grata! Carlla.poli@hotmail.com

      Excluir
    10. Segue recurso para questão 5:
      Prezados,
      Solicito que seja feita a anulação tendo em vista que a construção da frase está com sentido confuso. Quando lemos "Venda à vista, de 50% de mercadorias adquiridas por R$ 160.000,00" não temos como ter certeza que o valor se refere a venda ou a aquisição das mercadorias. "Venda à vista, de 50% de mercadorias adquiridas por R$ 160.000,00" AO MEU VER, ESSA QUESTÃO TEM UM ERRO DE ELABORAÇÃO QUE PODE LEVAR ALGUM PARTICIPANTE A ACHAR QUE 160.000,00 SERIA O PREÇO DA MERCADORIA ADQUIRIDA, ELA PARA SER MAIS CLARA DEVERIA TER VINDO ASSIM:
      "Venda à vista por R$ 160.000,00 de 50% das mercadorias adquiridas"

      Justificativa:
      O exame de suficiência contábil tem como mérito principal buscar a comprovação que o bacharel em ciências contábeis será realmente um profissional capacitado para exercer a sua função. Entretanto, o enunciado induz ao erro e distorce o intuito dos candidatos assinalarem a opção correta de acordo com a Lei n° 4.320 /64.
      Isso acaba por demandar tempo de raciocínio que poderia ser usufruído em outras questões.
      Fundamentação:
      Diante desta analise fica claro que da mesma forma que a fundação brasileira de contabilidade nos cobra em questões de muito conhecimento algumas exigem um prazo maior de tempo para elabora-las uma vez que o exame de suficiência requer um alto grau de conhecimento e nos fornece pouco tempo para fazê-las diante dessa afirmação posso concluir que a questão foi mal elaborada de modo que atrapalhe o candidato no momento de responder.
      Atenciosamente
      Patrícia

      Excluir
    11. Por favor preciso de entrar em recurso na questão 43. vc teria como me passar o modelo da questão 43? clemiltonpequeno@gmail.com

      Excluir
  14. Pessoal a questão 26 deve ser anulada esta bem claro o erro deles.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo Eni.
      Mas temos que ter um bom argumento.
      Pois apesar do erro vão dizer que não prejudicou.

      Excluir
    2. Eu acertei 24, estou em busca de um milagre. Em relação a questão 26 mesmo o pessoal falando que ela está errada no enunciado, ela deveria está ali para escolha, mesmo ela estando errada mas se uma pessoa lesse e sismasse que ela estivesse certa pra ele e ele decidisse marca-la, não poderia por conta que a mesma não se encotrava na opção de marcação, então existe sim um erro de formulação da pergunta.

      Excluir
    3. Gente ninguém tá dando muita bola pra questão 43, mas me causou muita dúvida. Então segue meu recurso:
      Prezados,
      Solicito a anulação da questão uma vez que a mesma contém falta clareza causando confusão e distorção de entendimento quando foi elaborada de modo que atrapalhe o candidato no momento de responder desvirtuando o objetivo do próprio Exame de Suficiência que é avaliar o conhecimento necessário para desempenhar as prerrogativas de Contador profissionalmente.
      O item III causou ambiguidade quando dizem: "SUA RESPONSABILIDADE" dar a entender que se refere a pessoa do auditor e sua responsabilidade e, mais adiante: “independentemente se causadas por fraude ou erro” causando incompreensão: o que são causadas por fraude ou erros?
      O item se tornaria muito mais claro se apresentado de forma mais clara como: O AUDITOR INDEPENDENTE DEVE OBTER A CONCORDÂNCIA DA ADMINISTRAÇÃO DE ELA RECONHECE E ENTENDE SUA PRÓPRIA RESPONSABILIDADE PELO CONTROLE INTERNO QUE A ADMINISTRAÇÃO DETERMINOU COMO NECESSÁRIO PARA PERMITIR A ELABORAÇÃO DE DEMOSTRAÇÕES CONTÁBEIS LIVRES DE DISTORÇÕES RELEVANTES, INDEPENDENTEMENTE SE CAUSOU ERRO OU FRAUDE.
      Portanto, todas essas distorções causadas pela redação do item levam ao candidato a falta da correta compreensão do item.
      Att
      Patrícia

      Excluir
  15. Sobre a questão 35.
    Fale da mesma.
    Por favor.

    ResponderExcluir
  16. Sobre a questão 35.
    Fale da mesma.
    Por favor.

    ResponderExcluir
  17. Sobre a questão 35.
    Fale da mesma.
    Por favor.

    ResponderExcluir
  18. Por favor.
    Alguém pra elaborar um recurso.
    Da questão 5 . 21. 35

    Entre em contato comigo.
    Pra conversarmos e acertarmos um valor bem com otima satisfação. A benefício dos 2.


    Ilhaviagensturismo@hotmail.com
    09299221-9044

    Erich

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc já achou alguém para fazer o recurso??/ alexandrenetobr@hotmail.com, me responde pra ver se alguem faz isso pra gente.

      Excluir
    2. tambem preciso de recurso me manda por whats ou email 062 84227947 ou lais_cavalcantii@hotmail.com

      Excluir
    3. Eu tbm preciso de recurso dessas questões, 5, 21 e 35
      Meu whats é 021 98046-6244
      Me mande pelo Whats, desde já agradeço
      Priscila Fonseca

      Excluir
    4. Preciso de recurso pra questão 5 e 35 me mande pelo e-mail por favor adelia-am@hotmail.com ou pelo whats (86) 9 9903-5060

      Excluir
    5. também quero entrar no com recurso, ser possível me envie tbm. meu whats é 67 81089321. Franciele Cunha

      Excluir
    6. Pessoal, todos que necessitam de uma ou mais questões devem fazer recurso de todas possíveis, pois caso faça de uma única e a mesma não seja aceita terá chances em outras. Eu também preciso de recurso e caso for feito por alguém, estou disposto a entrar na divisão do pagamento do profissional. Jaime Whats 32 98484-2869

      Excluir
    7. Pessoal na apresentação do recurso via sistema de acompanhamento de inscrição quando tivermos mais de uma questão que julgarmos procedente o recurso devemos emitir um recurso individual para cada questão ou somente um recurso para toda as questões que serão recorridas?
      Grato se alguém puder esclarecer esta situação.
      Obrigado

      Excluir
    8. Fiz de todas passíveis de anulação. com 24 acertos alguma tem que anular. Façam de todas tb.

      Excluir
    9. Boa tarde, pessoal preciso de recurso em nas questões 21, 26, 35, 43 e 48.
      Se alguém tiver me chama no zap 86 999009341 ou manda no email contabesp@hotmail.com
      por favor preciso de quatro questões
      Agradeço muito

      Excluir
    10. Você fez individual ou todas de uma vez ?

      Excluir
    11. Pessoal....boa noite...quem topa criar um grupo no zap para conversarmos a respeito destes recursos fiz 24 também e tô dentro da divisão.

      Excluir
    12. Gente ninguém tá dando muita bola pra questão 43, mas me causou muita dúvida. Então segue meu recurso:
      Prezados,
      Solicito a anulação da questão uma vez que a mesma contém falta clareza causando confusão e distorção de entendimento quando foi elaborada de modo que atrapalhe o candidato no momento de responder desvirtuando o objetivo do próprio Exame de Suficiência que é avaliar o conhecimento necessário para desempenhar as prerrogativas de Contador profissionalmente.
      O item III causou ambiguidade quando dizem: "SUA RESPONSABILIDADE" dar a entender que se refere a pessoa do auditor e sua responsabilidade e, mais adiante: “independentemente se causadas por fraude ou erro” causando incompreensão: o que são causadas por fraude ou erros?
      O item se tornaria muito mais claro se apresentado de forma mais clara como: O AUDITOR INDEPENDENTE DEVE OBTER A CONCORDÂNCIA DA ADMINISTRAÇÃO DE ELA RECONHECE E ENTENDE SUA PRÓPRIA RESPONSABILIDADE PELO CONTROLE INTERNO QUE A ADMINISTRAÇÃO DETERMINOU COMO NECESSÁRIO PARA PERMITIR A ELABORAÇÃO DE DEMOSTRAÇÕES CONTÁBEIS LIVRES DE DISTORÇÕES RELEVANTES, INDEPENDENTEMENTE SE CAUSOU ERRO OU FRAUDE.
      Portanto, todas essas distorções causadas pela redação do item levam ao candidato a falta da correta compreensão do item.
      Att
      Patrícia

      Excluir
    13. Segue recurso questão 5:
      Prezados,
      Solicito que seja feita a anulação tendo em vista que a construção da frase está com sentido confuso. Quando lemos "Venda à vista, de 50% de mercadorias adquiridas por R$ 160.000,00" não temos como ter certeza que o valor se refere a venda ou a aquisição das mercadorias. "Venda à vista, de 50% de mercadorias adquiridas por R$ 160.000,00" AO MEU VER, ESSA QUESTÃO TEM UM ERRO DE ELABORAÇÃO QUE PODE LEVAR ALGUM PARTICIPANTE A ACHAR QUE 160.000,00 SERIA O PREÇO DA MERCADORIA ADQUIRIDA, ELA PARA SER MAIS CLARA DEVERIA TER VINDO ASSIM:
      "Venda à vista por R$ 160.000,00 de 50% das mercadorias adquiridas"

      Justificativa:
      O exame de suficiência contábil tem como mérito principal buscar a comprovação que o bacharel em ciências contábeis será realmente um profissional capacitado para exercer a sua função. Entretanto, o enunciado induz ao erro e distorce o intuito dos candidatos assinalarem a opção correta de acordo com a Lei n° 4.320 /64.
      Isso acaba por demandar tempo de raciocínio que poderia ser usufruído em outras questões.
      Fundamentação:
      Diante desta analise fica claro que da mesma forma que a fundação brasileira de contabilidade nos cobra em questões de muito conhecimento algumas exigem um prazo maior de tempo para elabora-las uma vez que o exame de suficiência requer um alto grau de conhecimento e nos fornece pouco tempo para fazê-las diante dessa afirmação posso concluir que a questão foi mal elaborada de modo que atrapalhe o candidato no momento de responder.
      Atenciosamente
      Patrícia

      Excluir
  19. Na questão 48 especificamente no item III. Na prova está ...o arbitramento é a determinação de valores ou a solução de controvérsia por critério técnico-científico.
    Na NBC TP 01 procedimentos 21 está: O arbitramento é a determinação de valores,QUANTIDADES ou a solução de controvérsia por critério técnico-científico.
    Então posso concluir que na prova a questão não está completa. Seria com se fosse dito que o Ativo é composto de apenas bens.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O item III realmente foi alterado pelo CFC em 01, DE 27 DE FEVEREIRO DE 2015...passando a seguinte redação: 21. O arbitramento é a determinação de valores, QUANTIDADES ou a solução de controvérsia por critério técnico-científico. A resposta correta seria a letra C e não a D, como no gabarito. Ou seja, deverá ser anulada, se houver recurso.

      Excluir
    2. O item III realmente foi alterado pelo CFC em 01, DE 27 DE FEVEREIRO DE 2015...passando a seguinte redação: 21. O arbitramento é a determinação de valores, QUANTIDADES ou a solução de controvérsia por critério técnico-científico. A resposta correta seria a letra C e não a D, como no gabarito. Ou seja, deverá ser anulada, se houver recurso.

      Excluir
    3. Alguém vai elaborar recurso pra questão 48?

      Excluir
    4. Pode ser feito o recurso da 48 citando que de acordo com Norma Brasileira de Contabilidade NBC TP 01, teve alteração em fevereiro de 2015 e que no campo procedimento item 21 o correto é "O arbitramento é a determinação de valores, quantidades ou a solução de controvérsia por critério técnico-científico."
      No exame o item III não consta a palavra quantidades.

      Excluir
    5. Errei essa questão devido isso fiquei na dúvida e marquei a C pois vi que a questão estava incompleta.

      Excluir
  20. Graças a Deus, fui aprovado, seu gabarito está 100% certo, ajudou a acalmar enquanto esperava.

    ResponderExcluir
  21. Como foi falado anteriormente pelo site não achei nenhuma opção de recurso no sistema de acompanhamento de inscrição no site da FBC. Eles abririam essa opção a partir de amanha (14/04/16) ou se não tem lá é porque não darão chance de recurso aos candidatos?

    ResponderExcluir
  22. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  23. Pessoal...quem for entrar com recurso, utilize também a questão 35,(PRA QUEM ERROU, É CLARO) no item II...lá fala que "em caso de prorrogação do horário normal, será obrigatório um descanso de 15 minutos, no mínimo, antes do início do período extraordinário"...No entanto, a questão é entendida genericamente (para ambos)! Porém ela deve ser interpretada no sentido de que esse intervalo deve ser dado pelo empregador, somente para as MULHERES (o artigo, no caso, é o 384 da CLT e está inserido no capítulo que trata da proteção ao trabalho das mulheres..inclusive esse é o entendimento do STF:
    https://jus.com.br/artigos/41772/obrigatoriedade-do-descanso-de-15-minutos-para-mulheres-antes-do-inicio-da-jornada-extraordinaria

    ResponderExcluir
  24. Vou recorrer de todas as questões possíveis, comentadas pelo professor, e mais a questão 35!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Podemos fazer isso juntos e arquitetar um recurso fundamentado. Pode ser??/

      Excluir
    2. Contem Comigo !!!!!!! Estamos juntos !!!!!

      E-mail fachin_janaina@yahoo.com.br

      Excluir
    3. jacksoncontabeis2013@gmail.com

      Excluir
    4. Contem comigo Tambem.
      Me passem informações de como fazer esses recursos
      Rosianebrito.silva@hotmail.com

      Excluir
    5. contem comigo lais_cavalcantii@hotmail.com

      Excluir
    6. Se puderem me mandar o modelo do recurso dessa, tbm entrarei suelen@costacontabilidade.com.br

      Excluir
    7. MODELO DE RECURSO - CFC 2016.1

      QUESTÃO 26
      O objetivo do Exame de Suficiência Contábil é comprovar que o Bacharel em Ciências Contábeis tem o conhecimento necessário para desempenhar as prerrogativas de Contador profissionalmente. No entanto, este propósito foi desvirtuado na questão 26 uma vez que um item foi inserido sem qualquer função a não ser atrapalhar o candidato. Qual o objetivo de inserir um item que demandou tempo de raciocínio e que não foi cobrado nos itens de resposta? Desta forma, solicito a anulação da questão 26 uma vez que a inserção do item IV caracterizou erro material na questão, desvirtuou o objetivo do próprio Exame de Suficiência e, ainda, exigiu, sem necessidade, tempo do candidato que poderia ter sido utilizado em outras questões.

      QUESTÃO 41
      A questão informa que foi requerido a um contador (Contador A) determinado trabalho de perícia especializada. Este contador, por sua vez repassou, com anuência do cliente, a maior parte dos serviços para um colega especialista na área solicitada. Por fim, é solicitado que o candidato marque a assertiva correta sobre a responsabilidade do Contador A. O enunciado da questão é confuso pois ele não delimitou com clareza se a situação se enquadraria no caput do art. 7º do Código de Ética do Contador ou no parágrafo único deste mesmo artigo. Enquanto o caput trata da transferência de serviços e de responsabilidade, o parágrafo único prevê o uso do trabalho de terceiros por conta e risco do Contador contratado. A questão enfatiza que o Contador A REPASSOU A MAIOR PARTE do serviço para outro colega que era ESPECIALISTA naquele trabalho tipo de trabalho. Ou seja, o enunciado dá a entender que o trabalho foi TRANSFERIDO para outro Contador (Contador B) sem supervisão do Contador A, enquadrando-se, dessa forma, na hipótese do caput do art. 7º e não na situação prevista no parágrafo único. Tanto é confusa a questão que o enunciado informa que o Contador A solicitou anuência do cliente. Ora, caso fosse necessário auxílio, o Contador A utilizaria seus assistentes/funcionários por sua conta e risco, supervisionaria o trabalho geral e assinaria o seu parecer/opinião assumindo integralmente a responsabilidade. E, PARA ESTE TIPO DE AUXÍLIO, NÃO HÁ NECESSIDADE DE ANUÊNCIA DO CLIENTE pois os critérios de confidencialidade já são inerentes ao serviço e estão dispostos em outros incisos no próprio Código de Ética. Por fim, há que se concluir que o parágrafo único do art. 7º informa que o contador pode transferir PARCIALMENTE os trabalhos. Considerando uma interpretação finalística da norma, o termo transferir PARCIALMENTE jamais poderia corresponder a “transferir a MAIOR PARTE”. Caso fosse possível TRANSFERIR A MAIOR PARTE DOS SERVIÇOS, seria considerado atividade legal o absurdo de um contador assinar como parecer próprio aquele confeccionado por outro contador porventura subcontratado. Logo, transferir a maior parte dos serviços não pode ser enquadrado no parágrafo único do art. 7º uma vez que isto também contraria o que está previsto no inciso IV do art. 3º e inciso III do art. 10, ambos do próprio código de ética. Portanto, considerando que o enunciado não delimitou com clareza se a situação descrita está amparada no caput do art. 7º do Código de Ética do Contador ou se a situação se enquadra com o previsto no parágrafo único deste mesmo artigo, solicito a anulação da questão.

      Excluir
    8. Pessoal, também tenho interesse em entrar com recurso de todas as questões possíveis, pois assim teremos mais chances caso algum não seja aceita. e-mail: jaimeyakob@gmail.com - whatsApp 32 98484-2869.

      Excluir
    9. Pessoal, quem puder me mandar modelo de recurso ficarei muito grata.
      Entrarei em todas essas também.

      prii.farias23@gmail.com

      Excluir
    10. Pessoal, quem puder, me mande o modelo de recurso para a 5 - 26 e 48, por favor, danielemeller@hotmail.com

      Excluir
    11. cidajuvenal@gmail.com, fiz da 05-21-35-43, vamos torcer galera!

      Excluir
    12. Pessoal, quem puder me mandar modelo de recurso ficarei muito grata.
      sonia.c.lucena@hotmail.com

      Excluir
  25. O recurso será disponibilizado a partir de amanhã, ANÔNIMO!

    ResponderExcluir
  26. A questão 35 está baseada nos artigos 66 a 72 da CLT, sendo assim acho dificil.
    http://www.soleis.com.br/ebooks/TRABALHISTA-16.htm

    ResponderExcluir
  27. Acho que você não entendeu o que eu expliquei...mas tudo bem!

    ResponderExcluir
  28. Alguém parou pra observar a questão 6?
    A resposta correta seria a alternativa C. Tendo em vista que Receita de Vendas não evidencia que houve caixa gerado. Me corrijam se eu estiver errado. Neste Caso seria:
    Variação positiva de Contas a Receber - Pagamento a fornecedores.
    Correto?

    ResponderExcluir
  29. Ola Jackson, entendi sim, para mim não faz diferença anulação. Porem acho que precisamos investir esforços em questões que realmente são passíveis de anulação e a 35 está correta, conforme clt art 66 a 72, não trata-se de direito trabalhista da mulher e sim direito trabalhista independente do sexo, é isso que a questão pede.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora você começou a entender!! kkkk... você ( e muitos) entenderam que trata-se de direito trabalhista independente do sexo, e é isso que a questão pede, certo? Aí que está o erro do item II: o mesmo diz que o período de descanso será de 15 minutos, antes da extrajornada (HORAS EXTRAS) PARA TODOS, INDEPENDENTE DO SEXO e é isso que a questão pede, certo? ESTÁ ERRADO!!!Compare os artigos que você citou 66 a 72 da CLT(regra geral) com os artigos 382, 384 (principalmente) e 386, também da CLT. Mas leia e compare!! Se não lê-los não entenderá. Reafirmando: se o enunciado diz que deverá haver 15 minutos de descanso para qualquer trabalhador, independentemente do sexo( e é isso que entende-se!!), antes das horas extras, está ERRADO!! o item II,está errado!! Quanto ao item I, está correto, ou seja, deverá sim, haver 11 horas de descanso entre as jornadas ( art. 66- regra geral e 382 - proteção da mulher) e o item III, "escala de revezamento quinzenal - artigo 386- também, somente para as mulheres( ao meu ver, errada, também!!)
      Mas de boa...eu to colocando isso pra, caso tenha alguém, que também irá recorrer dessa questão, tenha argumentos embasados na própria legislação e jurisprudência (ENTENDIMENTO dos tribunais). Abaixo o ÚLTIMO entendimento do SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL (ÓRGÃO MÁXIMO DA JUSTIÇA BRASILEIRA), sobre a matéria:

      http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=280715


      Excluir
    2. Complementando Processo relacionado : RExt 658.312

      Excluir
    3. Ajudaram bastante amigos. Grato.

      Excluir
    4. A questão 4, em outro site diz que cabe recurso, gostaria de saber do entender de vocês.

      Excluir
    5. Jackson, obrigada pela ajuda. Veja se tá bom meu recurso baseado na sua ajuda (em 2 partes, pois ultrapassa o nº de caracteres):Prezados,
      Aplicam-se, ao trabalho da mulher, as disposições previstas no CAPÍTULO III-DA PROTEÇÃO DO TRABALHO DA MULHER, mas há muitas controvérsias acerca do art. 384 da CLT, que dispõe que, em caso de prorrogação do horário normal, será obrigatório um descanso de quinze minutos no mínimo, antes do início do período extraordinário do trabalho pela simples diferença de sexo entre homens e mulheres e discussão semelhante ocorre com o art. 386, que dispõe que “havendo trabalho aos domingos, será organizada uma escala de revezamento quinzenal, que favoreça o repouso dominical”, considerando-se que as disposições previstas nos artigos 66, 67, da CLT do CAPÍTULO II - DA DURAÇÃO DO TRABALHO dão tratamento aos trabalhadores do sexo masculino.
      Portanto, considerando que o enunciado não delimitou com clareza se a situação descrita está amparada no caput dos artigos que fazem referência ao CAPÍTULO III-DA PROTEÇÃO DO TRABALHO DA MULHER ou aos artigos. 66, 67, da CLT CAPÍTULO II - DA DURAÇÃO DO TRABALHO. É de se observar que temos dentro de uma mesma Lei CLT, dois artigos com mesmo assunto.
      O art. 67 :” Será assegurado a todo empregado um descanso semanal de 24 (vinte e quatro) horas consecutivas, o qual, salvo motivo de conveniência pública ou necessidade imperiosa do serviço, deverá coincidir com o domingo, no todo ou em parte.”
      “Parágrafo único - Nos serviços que exijam trabalho aos domingos, com exceção quanto aos elencos teatrais, será estabelecida escala de revezamento, mensalmente organizada e constando de quadro sujeito à fiscalização. ”, em via de regra geral, e o aplicado pelas empresas e a questão 35 deveria ter colocado ou especificado melhor por se tratar de um artigo especifico.

      Excluir
    6. CONTINUANDO...
      O item I refere-se Art. 66 - Entre 2 (duas) jornadas de trabalho haverá um período mínimo de 11 (onze) horas consecutivas para descanso. Fazendo entender que se tratava de direito trabalhista independente do sexo.
      O item II refere-se ao CAPÍTULO III-DA PROTEÇÃO DO TRABALHO DA MULHER, SEÇÃO III-DOS PERÍODOS DE DESCANSO, Art. 384 ”em caso de prorrogação do horário normal, será obrigatório um descanso de 15 minutos, no mínimo, antes do início do período extraordinário" que é aplicada somente as mulheres. No entanto, a questão é entendida genericamente, para ambos os sexos. Porém ela deve ser interpretada no sentido de que esse intervalo deve ser dado pelo empregador, somente para as MULHERES (o artigo, no caso, é o 384 da CLT e está inserido no capítulo III que trata da proteção ao trabalho das mulheres), inclusive esse é o entendimento do STF:
      https://jus.com.br/artigos/41772/obrigatoriedade-do-descanso-de-15-minutos-para-mulheres-antes-do-inicio-da-jornada-extraordinaria
      ENTÃO O ENUNCIADO DEVERIA TER CITADO que se tratava do capítulo II-DA PROTEÇÃO DO TRABALHO DA MULHER I ISSO, POIS CAUSOU CONFUSÃO.
      Reafirmando: se o enunciado diz que deverá haver 15 minutos de descanso para qualquer trabalhador, independentemente do sexo(e é isso que entende-se), antes das horas extras.
      O item III, "escala de revezamento quinzenal - artigo 386- também, somente para as mulheres, pois esta embasado na própria legislação e jurisprudência (ENTENDIMENTO dos tribunais). Abaixo o ÚLTIMO entendimento do SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL (ÓRGÃO MÁXIMO DA JUSTIÇA BRASILEIRA), sobre a matéria:

      http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=280715. Pois para o sexo oposto o: Art. 67. Parágrafo único - Nos serviços que exijam trabalho aos domingos, com exceção quanto aos elencos teatrais, será estabelecida escala de revezamento, mensalmente organizada e constando de quadro sujeito à fiscalização.
      Portanto, solicito a anulação da questão tendo em vista que a mesma contém falta clareza em seu enunciado causando confusão e distorção de entendimento quando foi elaborada de modo que atrapalhe o candidato no momento de responder desvirtuando o objetivo do próprio Exame de Suficiência que é avaliar o conhecimento necessário para desempenhar as prerrogativas de Contador profissionalmente.
      Atenciosamente,
      Patrícia Alves Dantas

      Excluir
  30. gracas a Deus, fui aprovado queria agradecer pelo gabarito extraoficial 100% certo parabéns.

    ResponderExcluir
  31. Qual o prazo para recurso?

    ResponderExcluir
  32. De acordo com este gabarito acertei 48. Alguém acertou as 50? Vilma Sampaio

    ResponderExcluir
  33. Errei a 6 (DFC é o meu fraco) e 43 (essa de auditoria foi falta de atenção). Vilma Sampaio

    ResponderExcluir
  34. Quero entrar com recurso na 5, alguém tem modelo de recurso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. qual o argumento vc vai levantar, eu tb preciso da 5. pra fazer 25 pontos.

      Excluir
    2. Alexandre, a construção da frase está com sentido ambíguo. Quando lemos "Venda à vista, de 50% de mercadorias adquiridas por R$ 160.000,00" não temos como ter certeza que o valor se refere a venda ou a aquisição das mercadorias. Isso ocorre por causa da falta da vírgula após a palavra "adquiridas".

      Excluir
  35. Acertei 24 preciso de 1, irei entrar com recurso na 21,26,35,48

    ResponderExcluir
  36. Como faço para obter o modelo de recurso?

    ResponderExcluir
  37. Bom dia!

    Gostaria de saber, a respeito da questão 4.

    ResponderExcluir
  38. MODELO DE RECURSO - CFC 2016.1

    QUESTÃO 26
    O objetivo do Exame de Suficiência Contábil é comprovar que o Bacharel em Ciências Contábeis tem o conhecimento necessário para desempenhar as prerrogativas de Contador profissionalmente. No entanto, este propósito foi desvirtuado na questão 26 uma vez que um item foi inserido sem qualquer função a não ser atrapalhar o candidato. Qual o objetivo de inserir um item que demandou tempo de raciocínio e que não foi cobrado nos itens de resposta? Desta forma, solicito a anulação da questão 26 uma vez que a inserção do item IV caracterizou erro material na questão, desvirtuou o objetivo do próprio Exame de Suficiência e, ainda, exigiu, sem necessidade, tempo do candidato que poderia ter sido utilizado em outras questões.

    QUESTÃO 41
    A questão informa que foi requerido a um contador (Contador A) determinado trabalho de perícia especializada. Este contador, por sua vez repassou, com anuência do cliente, a maior parte dos serviços para um colega especialista na área solicitada. Por fim, é solicitado que o candidato marque a assertiva correta sobre a responsabilidade do Contador A. O enunciado da questão é confuso pois ele não delimitou com clareza se a situação se enquadraria no caput do art. 7º do Código de Ética do Contador ou no parágrafo único deste mesmo artigo. Enquanto o caput trata da transferência de serviços e de responsabilidade, o parágrafo único prevê o uso do trabalho de terceiros por conta e risco do Contador contratado. A questão enfatiza que o Contador A REPASSOU A MAIOR PARTE do serviço para outro colega que era ESPECIALISTA naquele trabalho tipo de trabalho. Ou seja, o enunciado dá a entender que o trabalho foi TRANSFERIDO para outro Contador (Contador B) sem supervisão do Contador A, enquadrando-se, dessa forma, na hipótese do caput do art. 7º e não na situação prevista no parágrafo único. Tanto é confusa a questão que o enunciado informa que o Contador A solicitou anuência do cliente. Ora, caso fosse necessário auxílio, o Contador A utilizaria seus assistentes/funcionários por sua conta e risco, supervisionaria o trabalho geral e assinaria o seu parecer/opinião assumindo integralmente a responsabilidade. E, PARA ESTE TIPO DE AUXÍLIO, NÃO HÁ NECESSIDADE DE ANUÊNCIA DO CLIENTE pois os critérios de confidencialidade já são inerentes ao serviço e estão dispostos em outros incisos no próprio Código de Ética. Por fim, há que se concluir que o parágrafo único do art. 7º informa que o contador pode transferir PARCIALMENTE os trabalhos. Considerando uma interpretação finalística da norma, o termo transferir PARCIALMENTE jamais poderia corresponder a “transferir a MAIOR PARTE”. Caso fosse possível TRANSFERIR A MAIOR PARTE DOS SERVIÇOS, seria considerado atividade legal o absurdo de um contador assinar como parecer próprio aquele confeccionado por outro contador porventura subcontratado. Logo, transferir a maior parte dos serviços não pode ser enquadrado no parágrafo único do art. 7º uma vez que isto também contraria o que está previsto no inciso IV do art. 3º e inciso III do art. 10, ambos do próprio código de ética. Portanto, considerando que o enunciado não delimitou com clareza se a situação descrita está amparada no caput do art. 7º do Código de Ética do Contador ou se a situação se enquadra com o previsto no parágrafo único deste mesmo artigo, solicito a anulação da questão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Quando no enunciado fala quenfoi contratado um profissional de contabilidade A, para execução de um trabalho CONTÁBIL especializado e que repassou a maior parte dos serviços a um colega de profissão B, isso quer dizer que NÃO foi para um profissional Contador, e sim para, por exemplo, engenheiro, médico, dentista,arquiteto,..., O que acham ...

      Excluir
  39. Pessoal para obtermos um número maior de questões anuladas e necessário que publiquemos aqui o modelo que vcs fizeram... a questão 48 tbm está passiva de anulação, onde a mesma pede a questão correta no entanto o item III na prova está baseado na antiga Resolução do CFC N° 1.243/09 que entrou em vigor em 1° de janeiro de 2010, mas teve uma alteração na NORMA BRASILEIRA DE CONTABILIDADE - NBC TP N° 001, em 27 DE FEVEREIRO DE 2015. Onde acrescentou a palavra "QUANTIDADES" ficando assim a nova NBC TP 01 O arbitramento é a determinação de valores, "QUANTIDADES" ou a solução de controvérsia por critério técnico-científico.
    att john Pereira

    ResponderExcluir
  40. ESSE FOI O EXEMPLO QUE O AUTOR DESTE SITE POSTOU ONTEM
    EXEMPLO DE RECURSO DA QUESTÃO 40 DO EXAME 2014.1 QUE FOI ANULADA:

    Solicito a anulação da questão tendo em vista que a mesma contém um erro de digitação e com isso o gabarito informado está incorreto.

    Justificativa:

    A questão fornece 4 (quatro) itens para apreciação e pede para assinalar os que são condições para o reconhecimento da receita de venda de bens de acordo com a NBC TG 30 – Receitas.
    De acordo com o gabarito divulgado pela Fundação Brasileira de Contabilidade a resposta correta é letra D itens I, II e IV, porém o item I está divergente da Norma, uma letra foi acrescentada mudando todo o sentido da sentença, onde fez-se pensar que seria proposital afim de considerar o item incorreto.

    Fundamentação:

    A NBC TG 30 – Receitas em seu item 14 informa as condições de reconhecimento nas vendas de bens, vejamos:
    Venda de bens

    14. A receita proveniente da venda de bens deve ser reconhecida quando forem satisfeitas todas as seguintes condições:
    (a) a entidade tenha transferido para o comprador os riscos e benefícios mais significativos inerentes à propriedade dos bens;
    (b) a entidade não mantenha envolvimento continuado na gestão dos bens vendidos em grau normalmente associado à propriedade nem efetivo controle de tais bens;
    (c) o valor da receita possa ser confiavelmente mensurado;
    (d) for provável que os benefícios econômicos associados à transação fluirão para a entidade; e
    (e) as despesas incorridas ou a serem incorridas, referentes à transação, possam ser confiavelmente mensuradas.

    Se observado o item (a) da Norma e compará-lo com o item I da questão percebe-se uma diferença do artigo “OS” que foi alterado para a preposição “DOS” que muda todo o sentido da sentença, ficando assim este item incorreto e não como divulgado no gabarito preliminar.

    Item da questão;

    I - a entidade tenha transferido para o comprador DOS riscos e benefícios mais significativos inerentes à propriedade dos bens;

    Item da Norma;

    (a) a entidade tenha transferido para o comprador OS riscos e benefícios mais significativos inerentes à propriedade dos bens;

    ResponderExcluir
  41. Pessoal vocês já estão conseguindo entrar com recurso, pelo que vi era hoje a partir das 10:00hs mais no site FBC não estou vendo o local que entra.
    se alguém souber por favor me envia o link.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. http://www1.fbc.org.br/sisweb/exame/inscricao/loginInscricao.aspx

      Excluir
  42. bom dia!
    alguém pode me ajudar já tenho o modelo dos recursos montados, porem não encontrei no site nenhum campo para que possa estar entrando com recurso,

    se alguém poder me manda um link ou me orientar ficaria agradecido!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, apareceu agora mesmo acesse seu sistema de inscrição:
      http://www1.fbc.org.br/sisweb/exame/inscricao/loginInscricao.aspx

      Você não pode me mandar no meu E-mail o seu modelo para poder tirar uma ideia?
      thiagoo.cross@gmail.com

      Vou ficar muito grato.

      Excluir
    2. Altair, no próprio site em acompanhamento de inscrição já está disponível para fazer os recursos.

      Você poderia me encaminhar o modelo do seu recurso?
      prii.farias23@gmail.com

      Muito obrigada!

      Excluir
    3. Igor , envia pra mim tambem. raianeferreira01@gmail.com

      Excluir
  43. Não estou achando o link do recurso , alguém pode me ajudar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bom dia, apareceu agora mesmo acesse seu sistema de inscrição:
      http://www1.fbc.org.br/sisweb/exame/inscricao/loginInscricao.aspx

      Excluir
  44. Alguém tem o modelo de recurso da questão 5?

    ResponderExcluir
  45. Professor ANTONIO QUIRINO muito obrigado por toda atenção gostaria de ajudar de alguma forma esses esclarecimentos de recursos trazem esperança acertei 24 e errei as 5 que o sr comenta. vai dar! _/|\_

    ResponderExcluir
  46. Bom dia!

    Montei um grupo no whatsapp para podermos discutir e formular juntos todos os recursos!

    Interessados por favor deixem o número aqui!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Segue o meu numero!!

      031-996078904

      Excluir
    2. Vinícius me add no grupo por favor.

      (86) 9 9903-5060

      Adélia Marques

      Excluir
    3. Vinicius, boa tarde! favor me adiciona. (21) 9 9994-7458 - Barbara

      Excluir
    4. (49) 9999-0428

      Excluir
    5. Por favor me incluir no grupo de whats para recursos 21-99936-9292

      Excluir
    6. Marllon Oliveira
      41 98871713

      Excluir
    7. Por favor me incluir no grupo de whats para recursos 21-99936-9292

      Excluir
    8. Marielle Cardoso
      21 993672501

      Excluir
    9. 85 96247866

      Veríssimo

      Excluir
    10. (62) 9364-4171 Nara

      Excluir
    11. Me adicionem por favor 032-9 8525-6775...vamos fazer recurso pessoal.....tenho uma amiga consultora e contadora que pode nos ajudar também.

      Excluir
    12. Me adicionem por favor! 49 - 8865-3545.. Obrigada Caroline Brocardo

      Excluir
    13. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    14. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    15. (91) 988715850
      ricardo de augusto correa

      Excluir
    16. por favor me add 16 99207-3269 claudio ramos

      Excluir
    17. me adicionem por favor 91-981747954

      Excluir
  47. Bom dia, recurso já está disponível no sistema de inscrição, alguém tem o modelo de recurso para questões 5,21 e 48 por favor? Acredito que para as pessoas que acertaram essas questões não faz diferença mas para nós que erramos e dependemos delas para sermos aprovados é muito. Obrigada

    ResponderExcluir
  48. Vinicius bom dia, segue meu número: 11 982859415, me adiciona por favor. Celi Sousa

    ResponderExcluir
  49. Amigo Vinicius, favor me adiciona. (85) 9 8502 9314.

    ResponderExcluir
  50. Solicito a anulação da QUESTÃO 48, tendo em vista que a mesma contém erro no item III .

    Justificativa:

    A questão fornece 4 (quatro) itens para apreciação e pede para julgar com verdadeiro ou falso e em seguida assinale a opção correta, no entanto o item III está baseado na antiga Resolução do CFC N° 1.243/09 que entrou em vigor em 1° de janeiro de 2010, mas teve uma alteração na NORMA BRASILEIRA DE CONTABILIDADE - NBC TP N° 01, publicada em 19 de março de 2015 no Diário Oficial da União, em procedimentos 21, Onde acrescentou a palavra "QUANTIDADES" ficando assim a nova NBC TP 01 O arbitramento é a determinação de valores, "QUANTIDADES" ou a solução de controvérsia por critério técnico-científico.

    Fundamentação:

    A NBC TP 01 - O arbitramento é a determinação de valores, "QUANTIDADES" ou a solução de controvérsia por critério técnico-científico.
    Vejamos :

    48. Com base na NBC TP 01 – Perícia Contábil, especificamente em relação aos procedimentos técnico-científicos aplicados na atividade de Perícia Contábil, julgue os itens abaixo como Verdadeiros ( V ) ou Falsos ( F ) e, em seguida , assinale a opção CORRETA.
    (I) O exame é a análise de livros, registros das transações e documentos.
    (II) A vistoria é a diligência que objetiva a verificação e a constatação de situação, coisa ou fato ,de forma circunstancial.
    (III) O arbitramento é a determinação de valores ou a solução de controvérsia por critério técnico-científico.
    (IV) A avaliação é o ato de estabelecer o valor de coisas, bens, direito, obrigações, despesas e receitas.

    Se observado o item da NBC TP 01 e compará-lo com o item III da questão percebe-se uma diferença , que o item III a questão está incompleto induzindo o candidato ao erro pois estudamos para o exame com o que a de mais atualizado na NBC TP 01 ; tendo em vista que o item III está incompleto e baseado na RESOLUÇÃO 1.243/09 que foi altera, a questão está mal elaborada , a alternativa D levando em consideração oS argumentos aqui expostos não representam as alternativas corretas , então pedimos a anulação da referida questão.

    Item da questão;

    III - O arbitramento é a determinação de valores ou a solução de controvérsia por critério técnico-científico;

    Item da Norma;

    O arbitramento é a determinação de valores, QUANTIDADES ou a solução de controvérsia por critério técnico-científico;


    O QUE VOCÊS ACHAM DOS ARGUMENTO ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ficou muito bom... Vc já entrou com recurso?

      Excluir
    2. Gente ninguém tá dando muita bola pra questão 43, mas me causou muita dúvida. Então segue meu recurso:
      Prezados,
      Solicito a anulação da questão uma vez que a mesma contém falta clareza causando confusão e distorção de entendimento quando foi elaborada de modo que atrapalhe o candidato no momento de responder desvirtuando o objetivo do próprio Exame de Suficiência que é avaliar o conhecimento necessário para desempenhar as prerrogativas de Contador profissionalmente.
      O item III causou ambiguidade quando dizem: "SUA RESPONSABILIDADE" dar a entender que se refere a pessoa do auditor e sua responsabilidade e, mais adiante: “independentemente se causadas por fraude ou erro” causando incompreensão: o que são causadas por fraude ou erros?
      O item se tornaria muito mais claro se apresentado de forma mais clara como: O AUDITOR INDEPENDENTE DEVE OBTER A CONCORDÂNCIA DA ADMINISTRAÇÃO DE ELA RECONHECE E ENTENDE SUA PRÓPRIA RESPONSABILIDADE PELO CONTROLE INTERNO QUE A ADMINISTRAÇÃO DETERMINOU COMO NECESSÁRIO PARA PERMITIR A ELABORAÇÃO DE DEMOSTRAÇÕES CONTÁBEIS LIVRES DE DISTORÇÕES RELEVANTES, INDEPENDENTEMENTE SE CAUSOU ERRO OU FRAUDE.
      Portanto, todas essas distorções causadas pela redação do item levam ao candidato a falta da correta compreensão do item.
      Att
      Patrícia

      Excluir
  51. Amigo Vinicius, favor me adiciona. (85) 9 8502 9314. Mário.

    ResponderExcluir
  52. Pessoal quem tiver dúvida sobre como fazer o recurso, é só entrar na pagina de inscrição, lá você digita o seu CPF e sua senha e te dá a opção de entrar com recurso.

    ResponderExcluir
  53. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  54. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  55. Vinicius adiciona ai 81 9-91406812 é Andressa
    Obs. Não estou conseguindo responder seu comentário.

    ResponderExcluir
  56. Pessoal quem tiver dúvida sobre como fazer o recurso, é só entrar na pagina de inscrição, lá você digita o seu CPF e sua senha e te dá a opção de entrar com recurso.

    ResponderExcluir
  57. Prof. Antonio Quirino, A questão 14 pode ser anulada?

    ResponderExcluir
  58. alguem fez recurso da questao 4 e 6?

    ResponderExcluir
  59. pessoal ae esta o me recurso questão 5
    Solicito que seja feita a anulação tendo em vista que a mesma cobra no enunciado da questão algo que não esta nas respostas.
    Justificativa:
    O exame de suficiência contábil tem como mérito principal buscar a comprovação que o bacharel em ciências contábeis será realmente um profissional capacitado para exercer a sua função. Entretanto, foi colocado o item IV na mesma com intuito dos candidatos assinalarem a opção correta de acordo com a Lei n° 4.320,/64, mas o mesmo item não tinha objetivo algum em relação à resposta a não ser atrapalhar o candidato que outrora demandou tempo de raciocínio que poderia ser usufruído em outras questões diante disso, solicito que seja feita a anulação da mesma uma vez que a inserção do item IV caracterizou erro material na questão.
    Fundamentação:
    Diante desta analise fica claro que da mesma forma que a fundação brasileira de contabilidade nos cobra em questões de muito conhecimento algumas exigem um prazo maior de tempo para elabora-las haja vista que o exame de suficiência requer um alto grau de conhecimento e nos fornece pouco tempo para fazê-las diante dessa afirmação posso concluir que a questão foi mal elaborada de modo que atrapalhe o candidato no momento de responder.
    att john pereira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NAO E QUESTAO 5 E SIM 26...
      ATT JOHN PEREIRA

      Excluir
  60. QUESTÃO 48:
    Solicito que seja feita a anulação tendo em vista que a mesma contém um erro no item III diante disso o gabarito informado está incorreto.
    Justificativa:
    A questão fornece 4 (quatro) opções para ser analisada e pede para assinalar as que estão conforme a NBC TP 01 – Perícia Contábil.
    De acordo com o gabarito divulgado pela Fundação Brasileira de Contabilidade a resposta correta é letra D itens I, II, III e IV, mas o item III está divergente da Norma, faltando ser acrescentada uma palavra “QUANTIDADE”.
    Fundamentação:
    O Conselho Federal de Contabilidade (CFC) editou a NBC TP 01 e a NBC PP 01 (D. O. U de 18/03/15), que dá nova redação às normas relativas à execução de perícias contábeis e aos contadores que atuam como peritos contábeis, respectivamente, ficando revogadas, a partir da mesma data, as Resoluções CFC 1.243/09 e a 1.244/09.
    De acordo com a NORMA BRASILEIRA DE CONTABILIDADE - NBC TP N° 001, DE 27 DE FEVEREIRO DE 2015, vejamos:
    PROCEDIMENTOS
    17. O exame é a análise de livros, registros de transações e documentos.
    18. A vistoria é a diligência que objetiva a verificação e a constatação de situação, coisa ou fato, de forma circunstancial.
    21. O arbitramento é a determinação de valores, quantidades ou a solução de controvérsia por critério técnico-científico.
    23. A avaliação é o ato de estabelecer o valor de coisas, bens, direitos, obrigações, despesas e receitas.

    Item da Norma;
    21. O arbitramento é a determinação de valores, quantidades ou a solução de controvérsia por critério técnico-científico.
    Item da questão;
    III - O arbitramento é a determinação de valores ou a solução de controvérsia por critério técnico-científico.
    De acordo com a antiga Resolução CFC 1.243/09 o item III estaria correto, mas conforme a nova redação à NBC TP 01 - Perícia Contábil foi feito algumas alterações se observar o item (21) da Norma e compará-lo com o item III da questão e visível que está divergente da Norma a palavra “QUANTIDADES” não foi colocada na questão, de modo que o item esta incorreto e não como divulgado no gabarito preliminar.
    ATT JOHN PEREIRA

    ResponderExcluir
  61. Pessoal alguem pode me ajudar sobre a questão 4 acredtio que da recurso pois penso que e a letra b esta errada.
    Saberiam alguem me dizer como foi a memoria de calculo para ser a B?

    ResponderExcluir
  62. Acertei 49!!!!! Valeu, Professor Quirino!!! Seu site foi e será de grande valia...Errei somente a questão 35. Parabéns pelos 100% de acertos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns pelos acertos. Acertei 48/50 e também estou feliz. Achei que a prova não estava difícil pois a minha única preaparação foi resolver as 10 provas disponíveis no site da FBC (2011 a 2015) e anotar algumas fórmulas a partir delas.

      Excluir
  63. Pessoal questão 4 o valor correto e R$ 122.416,00
    Saldo Anterior – 2.080.000,00
    Rendimento – 122.416,00
    Antecipação de IR – 18.362,40
    Saldo Final – 104.503,60

    a contabilização deve ser:
    D - Bco. Cta Aplicação /C - Rendimentos Não Tributáveis – 122.4160,00

    D - IRRF a Recuperar / C - Bco. Cta. Aplicação – 18.362,40

    ResponderExcluir
  64. Solicito a anulação da questão 26, tendo em vista que existem 04 enunciados da questão (I, II, III, IV), porém na marcação do gabarito faltar à alternativa IV, mencionado anteriormente como opção de resposta.

    Justificativa:
    A questão 26 deixa claro que muitos candidatos tinham como certa a opção IV do anunciado, mesmo que estivesse errada, onde muitos tiveram que escolher outra alternativa, sendo que a mesma se enquadrava na sua linha de raciocínio dos candidatos, assim a questão deixou confusa o analise dos candidatos.

    Fundamentação:
    Portanto, um erro invencível ou grosseiro trata-se de um engano, uma incorreção ou falha que não se pode vencer ou corrigir, porém não uma falha qualquer, mas uma falha rude, que foge aos limites da decência.
    Entretanto, ao discutirmos a possibilidade de anulação de uma questão objetiva, eivada de erro tão grave que chega a ser grotesco, encontramos certo obstáculo.
    Este diz respeito à jurisprudência já pacificada no Superior Tribunal de Justiça e nos diversos Tribunais pátrios, no sentido de que o Poder Judiciário não poderia se imiscuir nas correções de provas, mas somente analisar a legalidade das normas instituídas no edital e dos atos praticados na realização da prova do CRC, sendo vedado o exame dos critérios de formulação dos itens, de correção de provas e de atribuição de notas aos candidatos, matérias de responsabilidade da banca examinadora.
    Sei que a sabedoria de todos os analistas irá compreender o fato ocorrido, por estar diante de um erro, que possa a comprometer diversos candidatos.

    ResponderExcluir
  65. OBRIGADO AO SIT CQC....POIS FIZ 37 PONTOS........SEM O MESMO NÃO PODERIA CONSEGUI TAL PONTUAÇÃO......AGRADEÇO A DEUS E AO PROFº QUIRINO QUE EXPLICA DE MANEIRA OBJETIVA E CLARA AS PROVAS ANTERIORES...ACRESCENTANDO O CONHECIMENTO.OBRIGADO.

    ResponderExcluir
  66. Passei!!!! Graças a Deus e aos professores!!!

    ResponderExcluir
  67. Pessoal, gostaria de saber se alguém já entrou com recurso nas questões 35 e 48, pois gostaria de um modelo para ter uma base.

    ResponderExcluir
  68. Boa noite, não sei se a questão 9 é passível de recurso uma vez que ela informa que o premio de 18000 foi pago à vista. Pois ao considerar o reconhecimento de 1500 no mês de dezembro, da-se a entender que o premio foi parcelado em 12 vezes, fazendo-se o termo à vista se tornar embaraçoso na questão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alguém sabe se a questão 9 é passível de recurso?????

      Excluir
  69. Questão 35
    Justificativa
    A questão pede “De acordo com a Consolidação das Leis Trabalhistas – CLT, no que se refere ao período de descanso, julgue os itens abaixo e, em seguida, assinale a opção CORRETA.”, entende-se que ao analisar as alternativas, não iremos levar em consideração para a resolução, se o direito ou dever é para ambos os sexos ou somente para um dos dois .
    No entanto no Capitulo III, seção III, Art. 386 da CLT - Havendo trabalho aos domingos, será organizada uma escala de revezamento quinzenal, que favoreça o repouso dominical.( Alternativa III)
    Esse artigo refere-se repouso somente para as mulheres.
    Em regra geral, diante da questão, já que não levaríamos em consideração a distinção do sexo, deveriam ter usado o Art. 67, Paragrafo Único.
    Art. 67. ...
    Parágrafo único - Nos serviços que exijam trabalho aos domingos, com exceção quanto aos elencos teatrais, será estabelecida escala de revezamento, mensalmente organizada e constando de quadro sujeito à fiscalização.

    Então, diante do exposto concretiza que todas as alternativas dessa questão teriam que ser direito ou dever, tanto para o homem, quanto para mulher. Ora, a questão não foi clara, deixando o candidato confuso, e por consequência induzindo ao erro.


    Fundamentação
    CLT
    Capítulo II
    Da duração do trabalho
    Seção III
    Dos períodos de descanso


    Art.67
    ...
    Parágrafo único - Nos serviços que exijam trabalho aos domingos, com exceção quanto aos elencos teatrais, será estabelecida escala de revezamento, mensalmente organizada e constando de quadro sujeito à fiscalização.



    CLT
    Capitulo III
    Da proteção do trabalho da mulher
    Seção III
    Dos períodos de descanso



    Art. 386 - Havendo trabalho aos domingos, será organizada uma escala de revezamento quinzenal, que favoreça o repouso dominical.

    Assim, com todas as justificativas e fundamentações, peço anulação da questão, onde não há alternativa correta para tal pergunta.

    ResponderExcluir
  70. Me adicionem no zap do grupo por favor.....032-9 8525-6775....estou fazendo recursos de todas que achei improcedente com a ajuda de uma consultora e contadora....fiz 24 também...preciso de uma anulada mas tô fazendo de várias que julgo passível de anulação.

    ResponderExcluir
  71. Me adicionem no zap do grupo por favor.....032-9 8525-6775....estou fazendo recursos de todas que achei improcedente com a ajuda de uma consultora e contadora....fiz 24 também...preciso de uma anulada mas tô fazendo de várias que julgo passível de anulação.

    ResponderExcluir
  72. Alguém tem recursos das questões 43,21? Email - rick_rockcit@Hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezados,
      Solicito a anulação da questão uma vez que a mesma contém falta clareza causando confusão e distorção de entendimento quando foi elaborada de modo que atrapalhe o candidato no momento de responder desvirtuando o objetivo do próprio Exame de Suficiência que é avaliar o conhecimento necessário para desempenhar as prerrogativas de Contador profissionalmente.
      O item III causou ambiguidade quando dizem: "SUA RESPONSABILIDADE" dar a entender que se refere a pessoa do auditor e sua responsabilidade e, mais adiante: “independentemente se causadas por fraude ou erro” causando incompreensão: o que são causadas por fraude ou erros?
      O item se tornaria muito mais claro se apresentado de forma mais clara como: O AUDITOR INDEPENDENTE DEVE OBTER A CONCORDÂNCIA DA ADMINISTRAÇÃO DE ELA RECONHECE E ENTENDE SUA PRÓPRIA RESPONSABILIDADE PELO CONTROLE INTERNO QUE A ADMINISTRAÇÃO DETERMINOU COMO NECESSÁRIO PARA PERMITIR A ELABORAÇÃO DE DEMOSTRAÇÕES CONTÁBEIS LIVRES DE DISTORÇÕES RELEVANTES, INDEPENDENTEMENTE SE CAUSOU ERRO OU FRAUDE.
      Isso acaba por demandar tempo de raciocínio que poderia ser usufruído em outras questões, portanto, essas distorções causadas pela redação do item levam ao candidato a falta da correta compreensão do item e induz ao erro.
      Atenciosamente,
      Patrícia

      Excluir
  73. PESSOAL VAMOS APROVEITAR A QUESTÃO 35, POIS CABE RECURSO COM CERTEZA PQ TEM FUNDAMENTAÇÃO LEGAL.

    ResponderExcluir
  74. Alguém tem recursos das questões 43,21? manda no meu e-mail contabil.vagner@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezados,
      Solicito a anulação da questão uma vez que a mesma contém falta clareza causando confusão e distorção de entendimento quando foi elaborada de modo que atrapalhe o candidato no momento de responder desvirtuando o objetivo do próprio Exame de Suficiência que é avaliar o conhecimento necessário para desempenhar as prerrogativas de Contador profissionalmente.
      O item III causou ambiguidade quando dizem: "SUA RESPONSABILIDADE" dar a entender que se refere a pessoa do auditor e sua responsabilidade e, mais adiante: “independentemente se causadas por fraude ou erro” causando incompreensão: o que são causadas por fraude ou erros?
      O item se tornaria muito mais claro se apresentado de forma mais clara como: O AUDITOR INDEPENDENTE DEVE OBTER A CONCORDÂNCIA DA ADMINISTRAÇÃO DE ELA RECONHECE E ENTENDE SUA PRÓPRIA RESPONSABILIDADE PELO CONTROLE INTERNO QUE A ADMINISTRAÇÃO DETERMINOU COMO NECESSÁRIO PARA PERMITIR A ELABORAÇÃO DE DEMOSTRAÇÕES CONTÁBEIS LIVRES DE DISTORÇÕES RELEVANTES, INDEPENDENTEMENTE SE CAUSOU ERRO OU FRAUDE.
      Isso acaba por demandar tempo de raciocínio que poderia ser usufruído em outras questões, portanto, essas distorções causadas pela redação do item levam ao candidato a falta da correta compreensão do item e induz ao erro.
      Atenciosamente,
      Patrícia

      Excluir
    2. MUITO OBRIGADO.
      ATT VAGNER COSTA

      Excluir
    3. QUESTÃO 43
      SOLICITAÇÃO: ANULAÇÃO DA QUESTÃO
      MOTIVO: FALTA DE CLAREZA NOS TEXTOS, AMBIGUIDADE NA INTERPRETAÇÃO DAS INFORMAÇÕES
      Os textos II e III se apresentam confusos devido a diversas ambiguidades, sobretudo com relação ao pronome possessivo “SUA”.
      As informações apresentadas no texto II, geram ambiguidade em relação de quem deve ser a responsabilidade pela elaboração das demonstrações contábeis.
      O trecho, extraído do comando da questão, destacado abaixo evidencia esta afirmativa:
      “ O auditor independente deve obter a concordância da administração de que ela reconhece e entende SUA responsabilidade pela elaboração das demonstrações contábeis...”
      Diante dessa afirmativa temos o seguinte questionamento – Quem reconhece sua responsabilidade?
      Resposta: A administração reconhece a responsabilidade do auditor referente às demonstrações contábeis. Ou a administração reconhece que ela (a administração) é responsável por tais demonstrações contábeis?
      Vejamos um trecho do texto III da questão:
      “ O auditor independente deve obter a concordância da administração de que ela reconhece e entende SUA responsabilidade pelo controle interno que a administração determinou como necessária para permitir a elaboração das demonstrações contábeis...”
      No trecho referente ao texto III, podemos observar o mesmo tipo de ambiguidade, porém desta vez levando o candidato a julgar que a administração reconhece através da concordância que a pessoa do Auditor independente é responsável pelo controle interno que a administração determinou como necessária para permitir elaboração das demonstrações contábeis.
      Visto que o comando da questão orienta que tome-se como base as Normas Brasileiras de Auditoria e que na NBC TA 210 - Concordância com os Termos do Trabalho de Auditoria, as informações quanto ao cabimento das responsabilidades de cada parte (Auditor e Administração) se encontram de forma clara e objetiva, solicito a anulação da questão 43, devido à falta de clareza nos textos propostos pela banca, causando a distorção do entendimento por parte do candidato.

      Excluir
  75. Pessoal,
    Gostaria de entrar com todos recursos possíveis, se tiverem modelo peço que enviem para renatamandio@hotmail.com.
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  76. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  77. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  78. QUESTÃO 35
    Solicito a anulação da questão tendo em vista que o enunciado não está claro em seu pedido e não há alternativa correta.

    A questão fornece 4 (quatro) alternativas para serem analisadas e pede para assinalar as que estão de acordo com a CLT, o que se refere ao período de descanso.
    De acordo com o gabarito divulgado pela FBC a resposta correta é letra A itens I, II, III, mas os itens II e III estão fazendo referencia ao período de descanso das mulheres e não para ambos os sexos.
    No enunciado deveria ter informado que estava se tratando, pois ele não fez menção da seção que seria a seção III – DOS PERIODOS DE DESCANSO e também não menciona o CAPÍTULO III - DA PROTEÇÃO DO TRABALHO DA MULHER e nas respostas não faz menção aos artigos.
    Fundamentação:
    SEÇÃO III - DOS PERÍODOS DE DESCANSO

    Art. 66 - Entre 2 (duas) jornadas de trabalho haverá um período mínimo de 11 (onze) horas consecutivas para descanso.
    CAPÍTULO III - DA PROTEÇÃO DO TRABALHO DA MULHER
    SEÇÃO I - DA DURAÇÃO, CONDIÇÕES DO TRABALHO E DA DISCRIMINAÇÃO CONTRA A MULHER
    (Redação dada pela Lei nº 9.799, de 26.5.1999)
    SEÇÃO III - DOS PERÍODOS DE DESCANSO

    Art. 382 - Entre 2 (duas) jornadas de trabalho, haverá um intervalo de 11(onze) horas consecutivas, no mínimo, destinado ao repouso.

    Art. 384 - Em caso de prorrogação do horário normal, será obrigatório um descanso de 15 (quinze) minutos no mínimo, antes do início do período extraordinário do trabalho.

    Art. 386 - Havendo trabalho aos domingos, será organizada uma escala de revezamento quinzenal, que favoreça o repouso dominical.

    Itens da questão:

    No Item I podemos observar que tanto o ART 66 quanto o ART 382 da CLT estão de acordo, pois conseguimos entender que ele não se tratava somente da proteção do trabalho da mulher, servia para ambos os sexos.
    No item II - Em caso de prorrogação do horário normal, será obrigatório um descanso de 15 (quinze) minutos no mínimo, antes do início do período extraordinário do trabalho. O Art. 384 prevê a concessão do descanso de 15 minutos à mulher antes da prorrogação da jornada normal de trabalho.

    O mesmo acontece no item III - Havendo trabalho aos domingos, será organizada uma escala de revezamento quinzenal, que favoreça o repouso dominical.

    No item II e III refere-se à proteção do trabalho da mulher ao período de descanso, porem em nenhum momento foi mencionado no enunciado que esse período de descanso seria para as Mulheres, o que fica subentendido que é para ambos os sexos.

    O enunciado ficou mal formulado, pois eu entendi que estava sendo pedido referencia ao período de descanso para ambos os sexos e não somente para as mulheres. Sendo Assim, peço anulação da questão, onde não há alternativa correta.

    ResponderExcluir
  79. QUESTÃO 43

    SOLICITAÇÃO: ANULAÇÃO DA QUESTÃO

    MOTIVO: FALTA DE CLAREZA NOS TEXTOS, AMBIGUIDADE NA INTERPRETAÇÃO DAS INFORMAÇÕES

    Os textos II e III se apresentam confusos devido a diversas ambiguidades, sobretudo com relação ao pronome possessivo “SUA”.
    As informações apresentadas no texto II, geram ambiguidade em relação de quem deve ser a responsabilidade pela elaboração das demonstrações contábeis.
    O trecho, extraído do comando da questão, destacado abaixo evidencia esta afirmativa:

    “ O auditor independente deve obter a concordância da administração de que ela reconhece e entende SUA responsabilidade pela elaboração das demonstrações contábeis...”

    Diante dessa afirmativa temos o seguinte questionamento – Quem reconhece sua responsabilidade?

    Resposta: A administração reconhece a responsabilidade do auditor referente às demonstrações contábeis. Ou a administração reconhece que ela (a administração) é responsável por tais demonstrações contábeis?

    Vejamos um trecho do texto III da questão:

    “ O auditor independente deve obter a concordância da administração de que ela reconhece e entende SUA responsabilidade pelo controle interno que a administração determinou como necessária para permitir a elaboração das demonstrações contábeis...”

    No trecho referente ao texto III, podemos observar o mesmo tipo de ambiguidade, porém desta vez levando o candidato a julgar que a administração reconhece através da concordância que a pessoa do Auditor independente é responsável pelo controle interno que a administração determinou como necessária para permitir elaboração das demonstrações contábeis.

    Visto que o comando da questão orienta que tome-se como base as Normas Brasileiras de Auditoria e que na NBC TA 210 - Concordância com os Termos do Trabalho de Auditoria, as informações quanto ao cabimento das responsabilidades de cada parte (Auditor e Administração) se encontram de forma clara e objetiva, solicito a anulação da questão 43, devido à falta de clareza nos textos propostos pela banca, causando a distorção do entendimento por parte do candidato, impossibilitando o encontro de uma alternativa como resposta.

    ResponderExcluir
  80. Pessoal é importante que não interpor recursos iguais, os postados aqui devem ser um modelo pra vc concluir sua ideia.

    ResponderExcluir
  81. Alguém tem modelo de recurso da questão 5? e 21?
    Agradeço!

    ResponderExcluir
  82. TAMBEM PRECISO DE UM MODELO 21

    ResponderExcluir
  83. Quando vão divulgar as alternativas que a gente marcou? Só pra não restar dúvidas da aprovação....

    ResponderExcluir
  84. Add o meu aí 83-9877-4010
    Agradeço, acertei 24 preciso de anulação

    ResponderExcluir
  85. Galera,
    No site da FBC, ja disponibilizaram o arquivo da prova e do Gab Preliminar
    Na Questao 26, em que o item IV nao aparece nas alternativas a assinalar, motivo de nossos recursos enviados, esse item ja aparece em " Vermelho".
    Já é um indicio da anulação ou ja esta anulada ? o que significa ?
    A Questão 41, tudo indica que sera realmente anulada, pois na parte em negrito onde antecede o inicio das alternativas tem erro de portugues onde menciona o contador "contatado" onde seria contratado.
    Fiz 24 acertos conto com essas anulações e que possa ajudar todos os colegas na mesma situação também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TAMBÉM ESTOU INTRIGADO! PQ A PROVA INTEIRA ESTA EM PRETO E SÓ ESTE ITEM EM VERMELHO?

      Excluir
  86. ME ADICIONEM POR FAVOR. (88) 9 9924.7496

    ResponderExcluir